Fato ou falsificação: Constantino compilou o conteúdo da Bíblia no Concílio de Niceia?


Neste artigo em particular, há certas questões que pretendo responder, as quais espero que possam esclarecer mentes confusas e mal informadas, com a ajuda de Deus. Primeiro, se a Bíblia foi compilada por Constantino; e segundo, se a Bíblia está completa; e se estiver completa, como devemos considerar as revelações e descobertas na ciência?

Muitos católicos foram convencidos de que foi Constantino quem compilou os livros que compõem a Bíblia. Isso não é verdade! Constantino não teve nada a ver com a compilação da Bíblia. A verdade é que, mesmo antes de Constantino nascer, a primeira parte da Bíblia já havia sido compilada. Já havia uma compilação de pergaminhos que estavam sendo lidos na sinagoga judaica. De fato, houve até uma ocasião em que o Senhor Jesus Cristo entrou na sinagoga e leu uma passagem da compilação de livros. No livro de Lucas 4:16-20, diz:

16 Chegando a Nazaré, onde fora criado, entrou na sinagoga no dia de sábado, segundo o seu costume, e levantou-se para ler.
17 Foi-lhe entregue o livro do profeta Isaías; e abrindo-o, achou o lugar em que estava escrito:
18 O Espírito do Senhor está sobre mim, porquanto me ungiu para anunciar boas novas aos pobres; enviou-me para proclamar libertação aos cativos, e restauração da vista aos cegos, para pôr em liberdade os oprimidos,
19 e para proclamar o ano aceitável do Senhor.
20 E fechando o livro, devolveu-o ao assistente e sentou-se; e os olhos de todos na sinagoga estavam fitos nele.

Tome nota do último verso, ele fechou o livro, e ele deu novamente ao ministro.

Assim, na sinagoga judaica, havia ministros que cuidavam desses livros - entre esses livros estavam os livros dos profetas Isaías, Zacarias e Jeremias. Os livros que os católicos alegam ter sido compilados por Constantino foram na verdade compilado pelo povo de Deus.

Agora, no tempo do Novo Testamento, havia outro homem que foi usado por Deus para compilar tais coisas. Lucas 1: 1-3 diz:

1 Visto que muitos têm empreendido fazer uma narração coordenada dos fatos que entre nós se realizaram,
2 segundo no-los transmitiram os que desde o princípio foram testemunhas oculares e ministros da palavra,
3 também a mim, depois de haver investigado tudo cuidadosamente desde o começo, pareceu-me bem, ó excelentíssimo Teófilo, escrever-te uma narração em ordem.

Lucas, o médico amado durante o tempo do apóstolo Paulo, foi um dos que compilaram esses livros, especialmente os livros que foram escritos pelos apóstolos antes dele. Havia informações e declarações escritas por testemunhas oculares que foram entregues a Lucas, que ele compilou. Isso significa que já havia cristãos, antes da época de Constantino, que haviam tomado a iniciativa de compilar e cuidar de todos esses documentos que agora estão contidos na Bíblia.

Uma prova vital de que já havia uma compilação desses livros está em 2 Timóteo 3:15-17;

15 E que desde a tua meninice sabes as sagradas Escrituras, que podem fazer-te sábio para a salvação, pela fé que há em Cristo Jesus.
16 Toda a Escritura divinamente inspirada é proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça;
17 Para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente instruído para toda a boa obra.

Paulo e Timóteo os têm! Ele os chamou de "Toda a Escritura" inspiradas por Deus! Timóteo, estudante de Paulo, pode se beneficiar dessas Sagradas Escrituras ensinando doutrinas, repreensão, correção, instrução, aprender todas as coisas para a justiça.

Quanto a saber se a Bíblia é completa, sim, ela é completa e os pronunciamentos não estão em contradição com as descobertas científicas. Posso dizer que os fatos científicos já estavam na Bíblia antes mesmo de serem encontrados pela ciência.

Por exemplo, muito antes de a ciência provar que a Terra é redonda e não plana, isso já foi mencionado na Bíblia. Na verdade, a ciência havia provado que a Terra é redonda somente quando uma imagem de satélite do planeta Terra foi tirada pelas missões Apollo dos EUA na década de 1960. No entanto, já 2.700 anos atrás, a Bíblia já havia falado que a terra é redonda. Isaías 40:22 diz:

E ele o que está assentado sobre o círculo da terra, Existe um círculo da terra; existe uma esfera. Um círculo é redondo, portanto, a terra é redonda.

Outro detalhe sobre a terra é dado no livro de Jó 26: 7,

Ele estende o norte sobre o vazio; suspende a terra sobre o nada.

Na verdade, a imagem de satélite da Terra tirada na década de 1960 provou que está pendente em cima de nada. Assim, mesmo antes de ser descoberto pela ciência, já estava na Bíblia; e nenhuma descoberta científica pode contradizer o que está na Bíblia.

A Bíblia nunca é obsoleta. O que a Bíblia diz é sempre notícia. Naturalmente, há partes da Bíblia que já são história, mas, no entanto, sempre nos diz notícias. A palavra Evangelion em grego implica “boas novas”, então é sempre novidade. A Bíblia nos fala de coisas que estão acontecendo e coisas que ainda estão por acontecer. A Bíblia tem previsões; também tem eventos atuais.

Não consigo pensar em qualquer descoberta científica que não esteja na Bíblia. Mesmo as pragas que experimentamos agora, como a gripe suína e a gripe aviária, que segundo a Organização Mundial de Saúde são causadas por vírus que nunca haviam encontrado antes, já haviam sido faladas na Bíblia. O Senhor na Bíblia disse: Se alguém desobedecer minha palavra, trarei a ele estas pragas, pragas que Eu trouxe ao Egito. E depois disso Ele disse, E até as pragas que não estão escritas neste livro. Assim, mesmo antes que esses vírus surgissem e trouxessem ameaças e danos a criaturas vivas, a Bíblia já havia previsto sua vinda.

Se alguém apenas digerisse o conteúdo da Bíblia, descobriria que todo conhecimento descoberto pela ciência hoje já está na Bíblia. Por exemplo, Deus ordenou que Abraão circuncidasse sua descendência no oitavo dia de seu nascimento. Isso foi escrito em Gênesis 17: 11-12,

11 Circuncidareis a carne do vosso prepúcio; será isso por sinal de aliança entre mim e vós.
12 O que tem oito dias será circuncidado entre vós,. . .

Por que no oitavo dia? Me deixe citar uma descoberta na ciência:

Em 1935, o professor H. Dam propôs o nome “Vitamina K” para o fator dos alimentos que ajudou a prevenir a hemorragia nos pintinhos. Sabemos agora que a vitamina K é responsável pela produção (pelo fígado) do elemento conhecido como protrombina. Se a vitamina K for deficiente, haverá deficiência de protrombina e hemorragia. Estranhamente, é apenas no quinto ao sétimo dia da vida do macho recém-nascido que a vitamina K (produzida por bactérias no trato intestinal está presente em quantidades adequadas. A vitamina K, juntamente com a protrombina, causa a coagulação sanguínea, que é importante em qualquer procedimento cirúrgico.

Fonte: 
http://apologeticspress.org/apcontent.aspx?category=13&article=1118

Nenhum cirurgião irá operar em uma pessoa sem a suficiência de vitamina K e protrombina, porque isso pode levar a uma hemorragia. A possibilidade de hemorragia é muito grande se a vitamina K e a protrombina estiverem ausentes porque é a combinação dessas duas que causa a coagulação do sangue. É por isso que é muito importante para uma pessoa que seria submetida a um procedimento cirúrgico, ou qualquer procedimento que pudesse causar ferida na carne, como a circuncisão, para ter um suprimento suficiente de vitamina K e protrombina.

É uma coisa maravilhosa que a ciência descobriu que é apenas no quinto ao sétimo dia de uma criança do sexo masculino que seu trato intestinal produz vitamina K. A vitamina K é um tipo de vitamina que é produzida no trato intestinal, ao contrário da vitamina C que vem de fontes externas, e vitamina D, que é produzida pelo corpo quando é estimulado pela luz solar.

Então, agora, podemos ver a sabedoria por trás do mandamento de Deus a Abraão de circuncidar seu filho homem no oitavo dia. No oitavo dia, já existe a presença de vitamina K no trato intestinal do filho do sexo masculino. E com essa vitamina e protrombina, não haveria muito sangramento, mesmo se a criança fosse circuncidada, porque ele teria coagulantes suficientes. Essa descoberta científica maravilhosa já estava na Bíblia há milhares de anos.

Houve também um esforço recente de cientistas que visa provar que existem questões no espaço, no universo, que não são visíveis ao olho humano.

O Grande Colisor de Hádrons (LHC) é um instrumento científico gigantesco perto de Genebra, onde abrange a fronteira entre a Suíça e a França, a cerca de 100 metros de profundidade. É um acelerador de partículas usado pelos físicos para estudar as menores partículas conhecidas - o bloco de construção fundamental de todas as coisas. Ele irá revolucionar nossa compreensão do mundo minúsculo dentro de átomos para a vastidão do universo.

Fonte:
https://public-archive.web.cern.ch/public- archive/en/LHC/LHC-en.html

Eles chamavam isso de bóson de Higgs ou partícula de Deus, e foi isso que eles tentaram experimentar usando um instrumento muito grande. No entanto, foi interrompido por causa de um acidente. Mas se chegasse o tempo em que eles pudessem provar que, de fato, existem realmente coisas que não podem ser vistas pelos olhos humanos, a Bíblia estava à frente para chegar a tal declaração. Romanos 1:20 diz:

Pois os seus atributos invisíveis, o seu eterno poder e divindade, são claramente vistos desde a criação do mundo, sendo percebidos mediante as coisas criadas, de modo que eles são inescusáveis;

A Bíblia já havia falado de coisas invisíveis de Deus desde a criação do mundo! Na verdade, as coisas visíveis eram feitas do invisível; Hebreus 11:3 diz:

Pela fé entendemos que os mundos foram criados pela palavra de Deus; de modo que o visível não foi feito daquilo que se vê.

Essas coisas invisíveis podem ser de gás ou matéria negra.

Como devemos considerar as descobertas na ciência? Devemos ignorá- las? Não, não devemos ignorar as descobertas científicas porque elas não contradizem os pronunciamentos bíblicos. Eles até confirmam o que a Bíblia diz. As descobertas científicas, de fato, estão em consonância e em harmonia com as verdades nas Escrituras.

[Aviso legal: Esta tradução em Português é realizada por nossos tradutores com máxima cautela com o melhor de suas habilidades. ControversyExtraordinary.com, contudo, não garante a exatidão de qualquer informação traduzida devido a vários fatores. Quando houver alguma discrepância entre a versão original em Inglês e a versão traduzida em Português, a versão original em Inglês sempre prevalece.]

Como um solteiro pode viver melhor sua vida como cristão?


Ser cristão é obedecer aos ensinamentos e leis do Senhor Jesus Cristo. Como Cristo é o Senhor, os cristãos são Seus seguidores ou servos; e o objetivo final de todo servo é agradar a seu Senhor ou Mestre.

Viver como cristão é viver pelas palavras de Cristo. Mas quem tem maior capacidade de fazer isso, os casados ou solteiros? Entre os dois, quem tem a melhor oportunidade de servir ao Senhor sem distração?

I CORÍNTIOS 7:32-35 diz,

32 Pois quero que estejais livres de cuidado. Quem não é casado cuida das coisas do Senhor, em como há de agradar ao Senhor,
33 mas quem é casado cuida das coisas do mundo, em como há de agradar a sua mulher,
34 e está dividido. A mulher não casada e a virgem cuidam das coisas do Senhor para serem santas, tanto no corpo como no espírito; a casada, porém, cuida das coisas do mundo, em como há de agradar ao marido.
35 E digo isto para proveito vosso; não para vos enredar, mas para o que é decente, e a fim de poderdes dedicar-vos ao Senhor sem distração alguma.

A Bíblia aponta as diferenças significativas entre os casados ​​e os solteiros em termos de servir ao Senhor. São Paulo disse que os cuidados solteiros são para as coisas que pertencem ao Senhor e sobre as coisas que vão agradar ao Senhor. Isso significa que sua principal prioridade é como ele poderia ser agradável aos olhos do Senhor. Ele se deleita em fazer coisas que estão de acordo com a Sua vontade; e sua alegria não está nas coisas materiais como riquezas e luxos, mas no cumprimento dos ensinamentos do Senhor.

Um homem casado, por outro lado, cuida das coisas do mundo e de como ele pode agradar a sua esposa. Ele se preocupa com as necessidades do dia-a-dia de sua família. Seus pensamentos estão preocupados em pensar em maneiras de como ele poderia ganhar mais para as necessidades de sua família, como comida e abrigo, para as contas de energia elétrica e de água mensais, para o leite e fraldas de seus bebês, e todas as outras coisas que iria agradar sua esposa . Então ele lhe dá todas as coisas materiais que ela deseja, ele cede aos seus caprichos, e ele faz com que antes de tomar qualquer decisão, ou antes de fazer qualquer coisa, ele primeiro pede sua opinião e consentimento porque ele não quer desagradá-la.

Aparentemente, ser casado se torna uma distração e um obstáculo para o serviço ao Senhor. E é óbvio que a pessoa solteira está em melhor posição para servir ao Senhor e viver uma vida esperada de um cristão. E como ele é solteiro, suas decisões e ações não dependem de ninguém, e ele não precisa agradar a ninguém, exceto ao Senhor. Levar uma vida solitária dá à pessoa a oportunidade de cuidar do Senhor e somente das coisas do Senhor.

Permita-me usar como exemplo. Eu sou solteiro; Eu vivo uma vida solitária. Por causa da minha situação, posso cuidar apenas das coisas do Senhor e posso fazer coisas que possam agradá-Lo. Eu me importo com os irmãos; Eu me importo com Seus ensinamentos; Eu me preocupo com a pregação do evangelho. Meus cuidados e preocupações, e minhas preocupações são todas direcionadas para fazer coisas que agradariam ao Senhor. E definitivamente, eu não seria capaz de realizar todas as tarefas que estão sobre meus ombros agora se eu fosse casado ou fosse um homem de família. Meu tempo e atenção certamente seriam divididos e eu não seria capaz de cumprir meus deveres para com Deus e com os irmãos tão fielmente quanto eu deveria. Mas como sou solteiro, posso dedicar todo o meu tempo para cuidar das coisas do Senhor.

Embora seja verdade que uma pessoa casada também pode servir ao Senhor, mas com certas restrições e limitações; ela não podia dar cem por cento porque há distrações e cuidados conjugais que o impedem.

Portanto, é mais conveniente servir ao Senhor se a pessoa não for casada porque está livre de todos os tipos de distrações e cuidados deste mundo que são freqüentemente experimentados por aqueles que são casados. Além disso, ser solteiro dá à pessoa mais oportunidades de fazer coisas que agradariam ao Senhor, como prestar atenção aos Seus ensinamentos e fazer obras de caridade que beneficiariam outras pessoas. E para mim, passar a vida em agradar ao Senhor é a melhor maneira de viver uma vida cristã.

[Aviso legal: Esta tradução em Português é realizada por nossos tradutores com máxima cautela com o melhor de suas habilidades. ControversyExtraordinary.com, contudo, não garante a exatidão de qualquer informação traduzida devido a vários fatores. Quando houver alguma discrepância entre a versão original em Inglês e a versão traduzida em Português, a versão original em Inglês sempre prevalece.]

Como manter o casamento intacto


Infidelidade destrói relacionamentos. No momento em que um marido se torna infiel a sua esposa, é inevitável que o que costumava ser um relacionamento “muito doce” se torne amargo e azedo. E, se não for resolvido corretamente no menor tempo possível, pode causar estragos a toda a família.

Mas por que os maridos se tornam infiéis com suas esposas? Por que eles deixam suas esposas e procuram outra?

Nenhum marido em sã consciência abandonaria a mulher a quem cortejava com muita paciência durante anos sem nenhuma razão. O fato de que ele fez de tudo para ganhar sua mão em casamento significa apenas que ele se comprometeu com ela e quer um relacionamento de longa data com ela. É por isso que é muito triste ouvir histórias de esposas cujos maridos as abandonaram e agora estão abraçando outras mulheres.

Se formos fazer uma análise simples sobre por que um marido deixa sua esposa em favor de outra mulher, perceberemos que isso decorre apenas de uma razão muito simples: ele sente que sua esposa mudou, que ela não é mais a mulher por quem ele se apaixonou - alguém que foi bem preparado, muito carinhoso e atencioso, e sempre doce cheiro. Porque agora, depois de vários anos de casamento e depois de ter três filhos, sua esposa perdeu seu encanto. Ela mal toma banho; muitas vezes esquece de escovar os dentes; ela nem sequer penteia e arruma o cabelo dela; e ela raramente troca seu vestido. Em outras palavras, ela esqueceu de cuidar de sua higiene pessoal e limpeza. Como resultado, o marido fica enojado.

Uma esposa, mesmo que ela tenha sido mãe de meia dúzia de filhos, deve cuidar para que ela permaneça adorável aos olhos do marido. Ela deve sempre ter um cheiro doce, é por isso que ela precisa tomar banho com mais frequência, da mesma maneira que deve lavar o que certos comerciais de televisão chamam de “área feminina”. Uma mulher pode perder seu doce aroma se ela negligencia a higiene adequada, ou se ela suar muito depois de realizar certas tarefas domésticas. Então, em vez de um aroma doce, ela emite um odor desagradável.

Em Isaías 3:24 diz,

E será que em lugar de perfume haverá mau cheiro...

Essa foi a maldição de Deus para as mulheres israelitas. Em vez de um cheiro doce, haveria podridão e fedor. Mas uma mulher que não está sob maldição tem um cheiro doce.

Para que seu marido não a deixe, certifique-se de manter seu cheiro doce. Por natureza, um homem procura uma mulher de cheiro adocicado. Se o seu marido não encontrar mais aquele cheiro doce em você porque você não escova os dentes e toma um banho mais, é provável que ele procure uma mulher mais perfumada e mais atraente.

Não se esqueça de mostrar gestos simples de carinho e cuidado, como servir-lhe uma xícara de café ou dar-lhe uma pequena massagem quando volta do trabalho. Esses simples atos farão com que ele sinta o quanto você o ama, e ele perceberá que cometerá uma loucura muito grande se trair uma esposa adorável, carinhosa e amorosa como você.

Mas acima de tudo, a melhor salvaguarda para proteger os relacionamentos conjugais é a oração a Deus. Na verdade, muitos relacionamentos conjugais não duram porque faltam orações a Deus. Marido e mulher devem viver uma vida de oração. Eles devem sempre orar a Deus para proteger sua família e mantê-la intacta. E é melhor que ambos, marido e mulher, permaneçam firmes em seu serviço a Deus.

Lembre-se sempre, Deus é misericordioso, e é Sua vontade que marido e mulher vivam juntos até a morte.

[Aviso legal: Esta tradução em Português é realizada por nossos tradutores com máxima cautela com o melhor de suas habilidades. ControversyExtraordinary.com, contudo, não garante a exatidão de qualquer informação traduzida devido a vários fatores. Quando houver alguma discrepância entre a versão original em Inglês e a versão traduzida em Português, a versão original em Inglês sempre prevalece.]

Qualidades que legitimamente fazem de uma pessoa um cristão


Nesta geração, muitas organizações religiosas tem brotado como cogumelos, e cada um deles afirma que eles são cristãos. No entanto, nem todos os que afirmam ser os cristãos são verdadeiramente cristãos; e nem todos os que se chamam cristãos são realmente cristãos. A Bíblia define requisitos específicos antes que alguém possa legitimamente ser chamado de cristão.

Então, quem são os verdadeiros cristãos?

JOÃO 8:31 diz:

. . .Se vós permanecerdes na minha palavra, verdadeiramente sois meus discípulos;

Os verdadeiros cristãos são aqueles que creem e guardam a palavra de Cristo, assim como o discípulos. É por isso que os discípulos são cristãos verdadeiros.

Não é suficiente que você creia em Cristo, você também tem que aceitar Suas palavras. E se você afirma que crê em Cristo, mas está rejeitando Suas palavras, não é um verdadeiro cristão. Rejeitar as palavras de Cristo é o mesmo que rejeitá-lo também.

JOÃO 12:48 diz:

Quem me rejeita, e não recebe as minhas palavras, já tem quem o julgue; a palavra que tenho pregado, essa o julgará no último dia.

Se você não observa as palavras de Cristo, você não é considerado como um verdadeiro cristão, mesmo se você se proclamar como um. É mais apropriado chamá-lo de cristão nominal apenas. Um verdadeiro cristão é aquele que guarda as palavras de Cristo. E quais são as palavras de Cristo que temos que manter?

MARCOS 1: 14-15 diz:

14 Ora, depois que João foi entregue, veio Jesus para a Galiléia pregando o evangelho de Deus
15 e dizendo: O tempo está cumprido, e é chegado o reino de Deus. Arrependei-vos, e crede no evangelho.

I CORÍNTIOS 15:1-2 diz,

1 Ora, eu vos lembro, irmãos, o evangelho que já vos anunciei; o qual também recebestes, e no qual perseverais,
2 pelo qual também sois salvos, se é que o conservais tal como vo-lo anunciei; se não é que crestes em vão.

Portanto, é o Evangelho, ou as boas novas - as boas novas sobre o reino de Deus, que temos que manter em nossa memória. Mantendo as palavras de Cristo, ou o Evangelho, em nossa memória e permanecendo por eles nos qualificaria para sermos chamados de verdadeiros Cristãos.

Manter o evangelho na memória significa viver um modo de vida digno do evangelho de Cristo.

FILIPENSES 1:27 diz:

Apenas deixai que a vossa maneira de viver seja digna do evangelho de Cristo, de modo que, quer eu vá verdes, quer esteja ausente, que eu ouça que estais firmes em um espírito, combatendo com uma alma, juntos pela fé do evangelho,

[Aviso legal: Esta tradução em Português é realizada por nossos tradutores com máxima cautela com o melhor de suas habilidades. ControversyExtraordinary.com, contudo, não garante a exatidão de qualquer informação traduzida devido a vários fatores. Quando houver alguma discrepância entre a versão original em Inglês e a versão traduzida em Português, a versão original em Inglês sempre prevalece.]

O Dever Primário de um Pregador de Deus


As pessoas que tiveram a oportunidade de assistir às nossas reuniões congregacionais não puderam deixar de expressar seu espanto com a profunda fé que nossos irmãos demonstram, e com os esforços que eles exercem apenas para seguir os ensinamentos bíblicos aos cristãos - coisas que eles não vêem em outros grupos religiosos, nem mesmo em suas próprias religiões.

Por exemplo, nossas irmãs na fé usam roupas modestas, elas não cortam os cabelos, não aplicam maquiagem excessiva, e não usam joias - porque todos esses são ensinamentos bíblicos que elas haviam entendido e estão agora embutidos da Bíblia em seus corações. É por isso que elas não se importam, mesmo que sejam ridicularizadas por outros por serem antiquadas e simples. Com o que elas se importam é sua obediência às palavras de Deus, que despertaram sua consciência espiritual.

I TIMÓTEO 2:9-10 diz,

9 Da mesma sorte, que as mulheres, em traje decente, se ataviem com modéstia e bom senso, não com cabeleira frisada e com ouro, ou pérolas, ou vestuário dispendioso,
10 mas (como convém a mulheres que fazem profissão de servir a Deus) com boas obras.

I PEDRO 3:3 diz,

O vosso adorno não seja o enfeite exterior, como as tranças dos cabelos, o uso de jóias de ouro, ou o luxo dos vestidos,

Como pregador, é meu dever inplantar ou inculcar nas mentes e corações de nossos irmãos as palavras de Deus para que eles desenvolvam amor a Deus e consciência espiritual.

ATOS 26:18 diz:

para lhes abrir os olhos a fim de que se convertam das trevas à luz, e do poder de Satanás a Deus, para que recebam remissão de pecados e herança entre aqueles que são santificados pela fé em mim.

É responsabilidade primária do pregador abrir os olhos das pessoas. Seus olhos precisam ser abertos para que eles vejam a luz. Para que eles passem das trevas para a luz e do poder de satanás para o poder de Deus. Outros pregadores privam seus membros.

JEREMIAS 23:30 diz:

Portanto, eis que eu sou contra os profetas, diz o Senhor, que furtam as minhas palavras, cada um ao seu próximo.

E para que essa luz é referida? É a palavra de Deus.

E é a palavra de Deus que eu inspiro profundamente nas mentes e corações de nosso povo, não minha história, não minha pessoa, não minha opinião, porque é a palavra de Deus que salvará suas almas.

TIAGO 1:21 diz:

Pelo que, despojando-vos de toda sorte de imundícia e de todo vestígio do mal, recebei com mansidão a palavra em vós implantada, a qual é poderosa para salvar as vossas almas.

De acordo com Tiago, separe toda a imundícia: imundícia da carne, imundícia do espírito, imundícia da mente, até a superfluidade da malícia. O mundo hoje transborda de safadeza - drogas, terrorismo, famílias desfeitas, infidelidade de marido e mulher, sexo antes do casamento, etc. Somos advertidos a jogá-los fora e removê-los de nossos corações. E para que nossas almas sejam salvas, temos de receber a palavra de Deus com mansidão. Esta é a razão pela qual nós sempre aconselhamos nossos membros a lerem a Bíblia. Nosso conhecimento da palavra de Deus nos faz perceber quão grande Ele é e quão bom Ele é. Para ser bom, você tem que conhecer a palavra de Deus; toda a bondade brota do livro de Deus.

II TIMÓTEO 3: 16-17 diz:

16 Toda a Escritura divinamente inspirada é proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça;
17 Para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente instruído para toda a boa obra.

As Escrituras nos fornecerão todas as boas obras. Todas as boas obras vêm da palavra de Deus. Portanto, o pregador, ou o ministro, tem a obrigação de fornecer ao povo todas as palavras de Deus para que eles saibam o que é bom.

JEREMIAS 26: 2 diz:

Assim diz o Senhor: Põe-te no átrio da casa do Senhor e dize a todas as cidades de Judá que vêm adorar na casa do Senhor, todas as palavras que te mando que lhes fales; não omitas uma só palavra.

Os pregadores são instruídos a pregar a palavra de Deus. Infelizmente, os pregadores de hoje não fazem isso, ao invés disso, eles simplesmente contam histórias sobre suas experiências, sobre suas viagens, seus pensamentos, etc.

De minha parte, sempre que falo, cuido para que eu fale o que as Escrituras dizem; Eu falo a palavra de Deus, não minhas histórias, não minhas opiniões, não meus pensamentos.

Como dito anteriormente (em II Timóteo 3: 16-17), as Escrituras inspiradas são proveitosas para doutrina, para repreensão, para correção, para instrução em justiça. E para o homem de Deus ser perfeito, ele deve ser completamente fornecido para todas as boas obras.

As palavras de Deus nas Escrituras podem tornar o homem perfeito. Na verdade, é o mandamento do Senhor de sermos perfeitos.

MATEUS 5:48 diz:

Sede vós, pois, perfeitos, como é perfeito o vosso Pai celestial.

Nós devemos ser perfeitos como nosso Pai no céu é perfeito.

Não há verdade para o que alguns pastores dizem que nenhum homem é perfeito porque todos os homens cometem pecados. Isso é ignorância das Escrituras. Eles estão insinuando que se um homem pecou, ele não pode mais ser aperfeiçoado? Na história do povo de Deus, havia pessoas de Deus que foram aperfeiçoadas pela palavra de Deus?

Teria havido pessoas que haviam atingido a perfeição?

HEBREUS 12:23 diz:

à universal assembléia e igreja dos primogênitos inscritos nos céus, e a Deus, o juiz de todos, e aos espíritos dos justos aperfeiçoados;

Os homens justos que viveram nos tempos antigos foram aperfeiçoados pela palavra de Deus. Lembre-se sempre de que é a palavra de Deus que pode tornar um perfeito. Como?

TIAGO 3:2 diz,

Pois todos tropeçamos em muitas coisas. Se alguém não tropeça na palavra, esse é homem perfeito, e é capaz de refrear também todo o corpo.

Não importa se alguém cometeu um pecado, especialmente se foi cometido sem intenção. Deus ainda pode perdoá-lo. Enquanto essa pessoa acredita nas palavras de Deus e ele tenta viver por elas, ele ainda pode ser considerado perfeito. Como mencionado por Tiago, se algum homem não se ofender com a palavra, o mesmo é um homem perfeito. Para um homem ser perfeito, ele não deve se ofender com a palavra de Deus.

Biblicamente falando, há pessoas que foram consideradas por Deus como perfeitas. Jó era uma delas.

Conforme escrito em JÓ 1: 1,

Havia um homem na terra de Uz, cujo nome era Jó. Era homem perfeito e reto, que temia a Deus e se desviava do mal.

Os pais de João Batista, Zacarias e Isabel, também foram considerados como perfeitos. Ambos eram irrepreensíveis aos olhos do Senhor.

LUCAS 1: 5-6 diz:

5 Houve nos dias do Rei Herodes, rei da Judéia, um sacerdote chamado Zacarias, da turma de Abias; e sua mulher era descendente de Arão, e chamava-se Isabel.
6 Ambos eram justos diante de Deus, andando irrepreensíveis em todos os mandamentos e preceitos do Senhor.

Se você receber a palavra de Deus em sua totalidade, você é considerado por Deus como perfeito, assim como Zacarias e Isabel. Outra pessoa que havia sido considerada perfeita era Noé.

GÊNESIS 6: 9 diz:

Estas são as gerações de Noé. Era homem justo e perfeito em suas gerações, e andava com Deus.

Ande com Deus, como Noé fez e você será considerado perfeito.

Em outras palavras, a razão pela qual estamos nos esforçando muito para ensinar nosso povo a palavra de Deus é porque, é a palavra de Deus que enriquecerá suas almas, suas mentes, seus corações e seus seres inteiros. A palavra de Deus vai lhes ensinar a fazer o que é bom. E, aceitando a palavra de Deus de todo o coração, em sua totalidade, faria perfeito à vista de Deus.

[Aviso legal: Esta tradução em Português é realizada por nossos tradutores com máxima cautela com o melhor de suas habilidades. ControversyExtraordinary.com, contudo, não garante a exatidão de qualquer informação traduzida devido a vários fatores. Quando houver alguma discrepância entre a versão original em Inglês e a versão traduzida em Português, a versão original em Inglês sempre prevalece.]

Seu casamento está em apuros? "Aprenda o caminho cristão"


O relacionamento conjugal nem sempre é um leito de rosas; nem sempre é uma viagem suave. Há momentos em que as coisas ficam difíceis e instáveis, e há problemas e conflitos que surgem que testam a resistência e o amor do casal um pelo outro.

Bom se o casal decide se sentar e conversar sobre seus problemas e preocupações com prudência. E se os casais realmente se chocassem e atirassem palavras feridas um contra o outro? E se eles forem além da “guerra de palavras” e recorrerem à batalha física e emocional? Certamente, a próxima coisa que veremos é que um deles estaria empacotando suas coisas e saindo de casa.

Mas sair de sua morada resolverá o problema? Em primeiro lugar, esse gesto estará em conformidade com a admoestação bíblica para maridos e esposas?

Biblicamente, é impróprio que um casal cristão, marido e mulher, deixe sua morada. Em vez disso, eles devem morar juntos; eles devem viver juntos.

I PEDRO 3:7 diz:

Igualmente vós, maridos, vivei com elas com entendimento, dando honra à mulher, como vaso mais frágil, e como sendo elas herdeiras convosco da graça da vida, para que não sejam impedidas as vossas orações.

Esse é o modo de vida cristão. Um marido cristão é ordenado por Deus para viver com sua esposa, tendo em mente que ela é o vaso mais frágil que precisa de proteção que somente ele, seu marido, poderia dar. Um marido cristão é o protetor de sua esposa.

EFÉSIOS 5: 23-25 diz:

23 porque o marido é a cabeça da mulher, como também Cristo é a cabeça da igreja, sendo ele próprio o Salvador do corpo.
24 Mas, assim como a igreja está sujeita a Cristo, assim também as mulheres o sejam em tudo a seus maridos.
25 Vós, maridos, amai a vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela,

A Bíblia nos fala de um grande relacionamento entre Cristo e a Igreja. Um marido deve amar sua esposa como Cristo amou a Igreja. Ele não deve deixar sua esposa na medida em que Cristo também não deixou a Igreja. De fato, quando Ele estava prestes a ascender ao céu, Ele disse à Igreja: Eu não vou deixar você. Eu estarei com você até o fim do mundo.

MATEUS 28:20 diz:

ensinando-os a observar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos.

Muito claramente, no que diz respeito à Bíblia, é inconveniente para o marido deixar sua esposa principalmente porque ele tem o dever de protegê-la.

Há exemplos na Bíblia em que a esposa deixa o marido, mas nunca o marido deixando a esposa. E se sua esposa o deixa, então ele se torna livre. Ele está agora em liberdade.

I CORÍNTIOS 7:15 diz,

Mas, se o incrédulo se apartar, aparte-se; porque neste caso o irmão, ou a irmã, não está sujeito à servidão; pois Deus nos chamou em paz.

De acordo com a Bíblia, se o cônjuge descrente decide sair, deixe-a ir. Especialmente se o marido já tivesse esgotado todos os meios para fazer sua esposa ficar, e ainda assim ele não conseguisse convencê-la, ele poderia deixá-la partir. E quando ela sai, o marido não está mais sob cativeiro.

Esta é uma situação particular em que o marido, ou a esposa, não está sendo mantido muito firmemente pela lei de Deus. Quando a esposa sai, o marido fica livre; quando o marido sai, a esposa também se torna livre. Mas a vontade de Deus é que marido e mulher morem juntos até a morte.

[Aviso legal: Esta tradução em Português é realizada por nossos tradutores com máxima cautela com o melhor de suas habilidades. ControversyExtraordinary.com, contudo, não garante a exatidão de qualquer informação traduzida devido a vários fatores. Quando houver alguma discrepância entre a versão original em Inglês e a versão traduzida em Português, a versão original em Inglês sempre prevalece.]

Relacionamentos de Coabitação e casamento civil na Bíblia


Na sociedade em que vivemos hoje, é uma coisa comum que nos deparamos com pais solteiros - ou eles tiveram casamentos falhos ou então eles se separaram, ou apenas aconteceu que eles geraram filhos fora do casamento.

Seja qual for o caso, essas mães solteiras ou pais solteiros geralmente procuram outro parceiro, e então eles vivem juntos, mesmo sem entrar em casamento em tudo. Dada esta situação, a questão que pode surgir é: é errado um homem e uma mulher viverem juntos fora do casamento, especificamente um casamento que é oficializado por um padre ou um pastor?

Na verdade, um casamento civil é muito melhor do que um casamento religioso. Nas cerimônias de casamento oficializadas por padres ou pastores, você seria obrigado a dar ofertas e você teria que pagar uma certa quantia. Eles ganham dinheiro com isso. Mas biblicamente falando, não é realmente a certidão de casamento que mais importa, mas a sinceridade de ambas as partes para viverem juntas como marido e mulher.

GÁLATAS 3:15 diz:

Irmãos, falo como homem. Ainda que uma aliança seja meramente humana, uma vez ratificada, ninguém a revoga ou lhe acrescenta coisa alguma.

É muito claro que, se ambas as partes chegarem a um acordo mútuo para viverem juntas como marido e mulher, isso já é reconhecido por Deus - mesmo que não fossem casadas por um padre. Você vê, não há nenhum lugar na Bíblia que você encontrará que José e Maria se casaram, ou que houve uma cerimônia de casamento que aconteceu.

MATEUS 1:18-20 diz:

18 Ora, o nascimento de Jesus Cristo foi assim: Estando Maria, sua mãe, desposada com José, antes de se ajuntarem, ela se achou ter concebido do Espírito Santo.
19 E como José, seu esposo, era justo, e não a queria infamar, intentou deixá-la secretamente.
20 E, projetando ele isso, eis que em sonho lhe apareceu um anjo do Senhor, dizendo: José, filho de Davi, não temas receber a Maria, tua mulher, pois o que nela se gerou é do Espírito Santo;

Isso significa que eles estavam prometidos ou comprometidos a se casar. Mas antes de a cerimônia de casamento real ocorrer Maria foi encontrada com uma criança porque Deus fez dela um instrumento para o nascimento de Cristo. No começo, José decidiu se afastar de Maria porque ele pensou que ela se tornou infiel a ele. Até o Anjo disse-lhe: “Não tenha medo de levar para ti Maria, tua esposa. . . 

Mas o que ficou claro foi que Maria já era reconhecida como a esposa de José mesmo que eles fossem apenas noivos. E mesmo se não houvesse cerimônia de casamento formal ainda, Deus considerou José e Maria como um casal já.

Isto é apenas para provar que o pacto entre um homem e uma mulher é mais importante do que uma certidão de casamento. Mesmo se você tiver todos os documentos assinados diante de um padre, todos eles seriam inúteis se as partes contratantes não fossem verdadeiras aos seus votos de casamento e continuassem brigando dia e noite. É por isso que seria melhor avaliar tudo primeiro antes de entrar em um acordo para morar com alguém. Acima de tudo, você tem que ter certeza de que a pessoa com quem você decide viver realmente ama você apesar de seu passado. Mas se você começar a sentir que ele está lhe dando uma garantia, é melhor ficar de olho, porque isso é uma manifestação de que ele realmente não a ama. Melhor encontrar um homem que te amaria muito e que se importaria com você, mesmo que você tenha um filho fora do casamento. Se ele realmente ama você, ele também aceitaria e amaria seu filho, e ele forneceria todas as suas necessidades, tanto materiais quanto emocionais.

I TIMÓTEO 5: 8 diz:

Mas, se alguém não cuida dos seus, e especialmente dos da sua família, tem negado a fé, e é pior que um incrédulo.

Para Deus, quem não cuida dos seus, especialmente da sua família, é considerado mau. Pais irresponsáveis e mães irresponsáveis são considerados pela Bíblia como ímpios. Então, se você vê que seu parceiro agora não se importa para com sua casa, você está com problemas. Há uma grande possibilidade de que você possa passar o resto da sua vida na miséria, se você ficar com esse homem. 

Pense muito bem antes de decidir passar sua vida com alguém até a morte.

[Aviso legal: Esta tradução em Português é realizada por nossos tradutores com máxima cautela com o melhor de suas habilidades. ControversyExtraordinary.com, contudo, não garante a exatidão de qualquer informação traduzida devido a vários fatores. Quando houver alguma discrepância entre a versão original em Inglês e a versão traduzida em Português, a versão original em Inglês sempre prevalece.]