A Compaixão de Deus É Infalível


Se há algo que não devemos deixar de fazer todos os dias de nossas vidas, é orar constantemente e dar graças a Deus.

Quando acordamos todas as manhãs, nossa primeira expressão deve ser uma expressão de gratidão a Deus; devemos ser gratos por um novo dia que Ele nos deu, porque cada nova manhã significa Sua misericórdia e compaixão infalíveis para conosco.

Lamentações 3:22-23 diz:

22 A benignidade do Senhor jamais acaba, as suas misericórdias não têm fim;
23 renovam-se cada manhã. Grande é a tua fidelidade.

Em tempos de angústia como este, quando o mundo inteiro é assolado por uma praga, precisamos da misericórdia e compaixão de Deus agora mais do que nunca. Muitas pessoas morrem diariamente e nós apenas temos que ser extremamente gratos por Deus não nos permitir ser um deles. Por Sua misericórdia e compaixão infalíveis, continuamos a viver, estar seguros e ainda desfrutar da companhia de nossos entes queridos. E é também por causa de Sua misericórdia e ajuda que somos capazes de superar os desafios, incertezas e problemas com os quais somos confrontados todos os dias.

A misericórdia e a compaixão de Deus são novas todas as manhãs. É por isso que, a cada nova manhã que Deus nos dá, também podemos esperar por Sua compaixão e misericórdia. É por causa de Sua misericórdia que estamos sendo poupados da aniquilação causada por essa praga.

De fato, há uma aniquilação e destruição que chegará aos iníquos - às pessoas que são desobedientes e rebeldes contra Deus.

Mas aqueles que reconhecem e temem a Deus podem esperar Sua misericórdia e compaixão, que são renovadas a cada nova manhã.

As pessoas que estão sob os cuidados de Deus e do Senhor Jesus Cristo têm proteção garantida - e essa garantia foi dada pelo próprio Senhor Jesus Cristo.

Em João 10:28-29, diz:

28 eu lhes dou a vida eterna, e jamais perecerão; e ninguém as arrebatará da minha mão.
29 Meu Pai, que mas deu, é maior do que todos; e ninguém pode arrebatá-las da mão de meu Pai.

Mas aqueles que não creem em Deus, aqueles que zombam da Bíblia como os ateus, e aqueles cuja crença em Deus nada mais são do que palavras e nunca se manifestam em atos, estão todos destinados a perecerem e serem destruídos.

Como está escrito em 2 Pedro 2:12,

Mas estes, como animais irracionais, que seguem a natureza, feitos para serem presos e mortos, blasfemando do que não entendem, perecerão na sua corrupção,

Oramos a Deus para que antes que seja tarde demais - antes que a destruição chegue às pessoas ímpias - que a fé em Deus e no Senhor Jesus Cristo brote em seus corações o mais rápido possível para que eles sejam salvos.

Como essa praga continua infestando o mundo hoje, não temos certeza se ainda estaremos vivos amanhã ou nos próximos dias. Não temos certeza se já estaremos entre as centenas de milhares de pessoas cujas vidas foram tiradas por esta doença. Sabemos que cada um de nós é destinado para morrer, e é apenas uma questão de quem vai morrer primeiro.

O rei Davi sabia que todos os homens morreriam e que nossas vidas estão nas mãos de Deus. Foi por isso que, quando soube que seu filho recém-nascido com mulher alheia havia sido decretado para morrer, ele jejuou e orou a Deus pela vida de seu filho.

Mas quando o decreto de Deus aconteceu, quando a morte da criança finalmente chegou, ele terminou seu jejum e foi à casa do Senhor e O adorou - um gesto de sua submissão à vontade de Deus. Ele sabia que não poderia trazer seu filho de volta à vida novamente; ele também sabia que quando chegasse a hora marcada, ele também morreria.

2 Samuel 12:23 diz:

Todavia, agora que é morta, por que ainda jejuaria eu? Poderei eu fazê-la voltar? Eu irei para ela, porém ela não voltará para mim.

O povo de Deus sabe que um dia eles morrerão; é um decreto para todos os homens.

Como está escrito em Hebreus 9:27,

E, como aos homens está ordenado morrerem uma só vez, vindo depois o juízo,

Todos os homens são destinados para morrer. Mas não devemos orar nem desejar pela morte de nossos semelhantes, mesmo que eles sejam os mais amargos dos nossos inimigos. Somos advertidos a orar pela melhoria de nossos inimigos - não por suas mortes ou infortúnios. Mas não podemos evitar que realmente haja pessoas cuja alegria está em destruir a reputação de outras pessoas e em espalhar notícias falsas sobre elas nas mídias sociais. Eu próprio sou vítima desse tipo de pessoas. Eles criticam minha pessoa - eles até postaram que eu estava gravemente doente e morrendo nas mídias sociais.

Gostaria de saber se essas pessoas não têm coisas melhores para fazer. Em vez de se preocupar com coisas sem sentido, como fabricar e divulgar notícias falsas, por que eles não tentam fazer algo que beneficiará nossos semelhantes - especialmente agora, quando milhões de pessoas estão sofrendo e precisam urgentemente de ajuda?

Também apelo a algumas personalidades da mídia, políticos e líderes de governo. Em vez de procurar falhas e criticar uns aos outros, por que vocês não dão as mãos e trabalham em conjunto para o bem comum? Este não é o momento de sermos críticos e antagônicos; também não é hora de pensar em ambições políticas ou outras agendas pessoais. Este é o momento de nos unirmos, não apenas no combate à pandemia, mas também em ajudar aqueles que foram afetados adversamente pelos bloqueios e quarentenas da comunidade impostos pelo governo.

Por causa dos bloqueios, muitas pessoas hoje sofrem fome; muitos confiam apenas nas doações de socorro que lhes são dadas para sua subsistência diária. Existem idosos que precisam de medicamentos de manutenção, mas não podem comprá-los. Há bebês e crianças que precisam de leite em pó e fraldas, mas não conseguem, porque seus pais não têm dinheiro. E há também alguns que já sofrem de depressão porque são incapazes de lidar com os problemas e dificuldades que estão enfrentando.

É por isso que, em vez de desperdiçar tempo, esforço e recursos financeiros em propaganda política, criticar um inimigo político ou espalhar notícias falsas nas mídias sociais, é melhor usarmos nosso tempo para aliviar as dificuldades desses cidadãos aflitos e atingidos pela pobreza. Uma pequena ajuda pode fazer muita diferença para eles.

O governo precisa da ajuda e da cooperação de todos para lidar com esse contágio e cuidar do bem-estar do povo. Embora o governo esteja esgotando todos os meios possíveis de fornecer aos cidadãos suas necessidades básicas, o governo só pode fazer isso. Os recursos do governo são limitados, de fato, já estão esgotando. Portanto, o governo precisa da ajuda do setor privado - principalmente da ajuda do setor religioso.

Já é tempo de os líderes de diferentes organizações religiosas, esses indivíduos que afirmam serem cristãos, provar a seus membros que realmente se importam com eles e que não estão apenas atrás de suas contribuições monetárias. As organizações religiosas cujos líderes e ministros vivem em pompa e riqueza devem fornecer, pelo menos, as necessidades básicas de seus respectivos membros. E, como eles não pagam impostos ao governo, o mínimo que podem fazer é cuidar das necessidades de seus membros pobres, sejam elas de natureza material ou financeira.

Uma coisa de que realmente tenho orgulho de nossa organização religiosa, a Igreja de Deus Internacional, é que, embora sejamos pobres e humildes aos olhos dos outros, cuidamos para que nenhum de nossos irmãos de fé passe fome, implore por comida ou morra sem vigilância. Nossos colegas obreiros da Igreja foram instruídos a verificarem o bem-estar de nossos irmãos e irmãs pobres em seus respectivos locais de designação e provê-los de suas necessidades essenciais, como alimentos e medicamentos.

O que quero dizer é que, do nosso modo pequeno, podemos aliviar o fardo de nossos colegas desprivilegiados e podemos ser parceiros do governo em suas operações de socorro.

Mesmo como cidadãos comuns, podemos contribuir para impedir a disseminação desse novo coronavírus, respondendo e cumprindo as diretrizes de dirigentes do governo e especialistas em saúde. Se eles nos disserem para ficar em casa e não sairmos para farra, então vamos ficar em casa. Se eles decidirem estender ainda mais o período de quarentena, não nos oporemos a eles. É para o nosso próprio bem.

Na verdade, a ideia de quarentena ou autoisolamento tem uma base bíblica.

Levítico 13:46 diz:

Por todos os dias em que a praga estiver nele, será imundo; imundo é; habitará só; a sua habitação será fora do arraial.

Para impedir que a praga se espalhasse, os israelitas receberam ordens de "habitarem sozinhos'.

Em outro livro, eles foram instruídos a entrar em seus aposentos e ficar isolados até que a praga passasse.

Isaías 26:20 diz:

Vem, povo meu, entra nas tuas câmaras, e fecha as tuas portas sobre ti; esconde-te só por um momento, até que passe a indignação.

Podemos dizer que as medidas impostas pelo governo e pelas autoridades de saúde hoje não são realmente novas; elas são tão antigas quanto o Antigo Testamento.

Em 2 Crônicas 26:21 diz:

Assim ficou leproso o rei Uzias até o dia da sua morte; e, por ser leproso, morou numa casa separada, pois foi excluído da casa do Senhor. E Jotão, seu filho, tinha o cargo da casa do rei, julgando o povo da terra.

Até o dia de sua morte, o rei Uzias viveu isolado porque tinha lepra. Ele se distanciou do resto das pessoas para não as infectar.

Considerando que o Covid-19 é mais fatal e mais facilmente transmitido que a lepra, tanto mais que essa geração deve praticar a autoquarentena ou o auto-isolamento. Observemos rigorosamente os protocolos de saúde recomendados pelas pessoas em posição de autoridade. Ficar em casa é a melhor maneira de não ser infectado. Porém, se você manifestar certos sintomas, consulte imediatamente os profissionais de saúde, mesmo através de diferentes plataformas de comunicação que já estão sendo utilizadas agora. A UNTV, por exemplo, possui uma clínica digital 24 horas por dia, 7 dias por semana, na qual você pode consultar médicos sobre seus problemas de saúde sem precisar sair de casa.

De fato, a imposição de bloqueios e quarentenas tem seus contratempos, especialmente para funcionários comuns e assalariados diários. Mas é apenas uma questão de fazer as escolhas certas. É muito melhor você ficar em casa e sentir fome de vez em quando, pelo menos, você está seguro e ainda está vivo. Não reclame de ficar entediado em casa. Por que você fica entediado quando está com seus entes queridos? Aproveite ao máximo o período de quarentena da comunidade se relacionando com sua família. Não importa se seus bolsos estão vazios agora; sua vida vale mais do que um bolso cheio de dinheiro. Se você insistir em sair e tentar ganhar a vida, estará arriscando sua segurança e também a segurança dos outros

membros de sua família. Pelo que você sabe, o dinheiro que você estará ganhando será gasto apenas na sua hospitalização, se você pegar esse vírus mortal. E quando você é infectado, não há garantia de que poderá se recuperar. Por que arriscar quando pode estar seguro em casa?

Mas, além de tomar todas as medidas preventivas necessárias, nossa arma mais potente são nossas orações ao Deus Todo-Poderoso. Em todas as oportunidades que nos são dadas - manhã, tarde, noite, madrugada - vamos orar pela misericórdia de Deus. Lembre-se, a misericórdia e a compaixão de Deus são infalíveis para aqueles que temem e acreditam Nele; elas se renovam a cada manhã.

Assim, todas as manhãs em que acordamos, não deixemos de agradecer a Deus por nos dar outra oportunidade de receber Sua misericórdia. É por causa de Sua misericórdia que ainda estamos vivos até agora.

Graças a Deus!

[Aviso legal: Esta tradução em Português é realizada por nossos tradutores com máxima cautela com o melhor de suas habilidades. ControversyExtraordinary.com, contudo, não garante a exatidão de qualquer informação traduzida devido a vários fatores. Quando houver alguma discrepância entre a versão original em Inglês e a versão traduzida em Português, a versão original em Inglês sempre prevalece.]

PRAGAS – QUEM AS CAUSA


Enquanto o Covid-19 continua infectando e matando milhares de pessoas em todo o mundo, muitos chefes de países já expressaram seu medo de uma possível segunda onda, porque, se isso acontecer, será pior.

Biblicamente falando, existe realmente a possibilidade de que uma praga se repita. Ou seja, poderia ter sua segunda onda, ou terceira, ou até mais.

APOCALIPSE 11:6 diz:

Elas têm poder para fechar o céu, para que não chova durante os dias da sua profecia; e têm poder sobre as águas para convertê-las em sangue, e para ferir a terra com toda sorte de pragas, quantas
vezes quiserem.

A ocorrência de pragas, pestilências ou maldições é relativa à nossa obediência - ou desobediência - a Deus.

A Bíblia fala de tantos tipos de maldições ou pragas que a humanidade pode experimentar.

DEUTERONÔMIO 28:15-22 diz:

15 Será, porém, que, se não deres ouvidos à voz do Senhor, teu Deus, não cuidando em cumprir todos os seus mandamentos e os seus estatutos que, hoje, te ordeno, então, virão todas estas maldições sobre ti e te alcançarão:
16 Maldito serás tu na cidade e maldito serás no campo.
17 Maldito o teu cesto e a tua amassadeira.
18 Maldito o fruto do teu ventre, e o fruto da tua terra, e as crias das tuas vacas e das tuas ovelhas.
19 Maldito serás ao entrares e maldito, ao saíres.
20 O Senhor mandará sobre ti a maldição, a confusão e a ameaça em tudo quanto empreenderes, até que sejas destruído e repentinamente pereças, por causa da maldade das tuas obras, com que me abandonaste.
21 O Senhor fará que a pestilência te pegue a ti, até que te consuma a terra a que passas para possuí-la.
22 O Senhor te ferirá com a tísica, e a febre, e a inflamação, e com o calor ardente, e a secura, e com o crestamento, e a ferrugem; e isto te perseguirá até que pereças.

Uma das pragas mencionadas no versículo 22 é o crestamento. Um crestamento, ou uma rajada de vento, pode ser um meio ou veículo de pragas. Especialistas em saúde dizem que o Covid-19 pode ser transmitido através de gotículas que vêm de uma pessoa infectada quando ele espirra, tosse ou fala. Por isso, para impedir a propagação do vírus, uma das recomendações dadas ao público é observar rigorosamente o distanciamento físico. Embora eles digam que esse vírus não é transmitido pelo ar, não se pode negar que o vento ou o ar desempenham um papel em sua transmissão. E, de acordo com a pesquisa, esse coronavírus permanece detectável no ar mesmo depois de várias horas.



O Covid-19, que começou na China, conseguiu penetrar em praticamente todos os países do mundo em questão de semanas a alguns meses. Atualmente, os EUA têm o maior número de casos positivos do Covid-19. Por causa disso, muitos americanos, especialmente os nova-iorquinos, estão muito furiosos com seu presidente Donald Trump, por seu fracasso - segundo eles - em se preparar para esta pandemia. Eu acho isso ridículo! Em primeiro lugar, quem já esteve preparado para isso? Até a China, onde este vírus se originou, estava despreparada!

Essa pandemia já está fora do controle de qualquer chefe de estado. Não é que até mesmo o Príncipe Charles testou positivo para o Covid-19? E eles não conseguiram rastrear como ele adquiriu o vírus, mesmo depois de realizarem o rastreamento de contatos. É porque realmente existem vírus transportados pelo ar.

Se vamos nos referir a declarações bíblicas, além da grosseira maldade e desobediência do homem a Deus, outro fator que contribui para a ocorrência de pragas é a prática de muitos pastores e líderes religiosos de acrescentar e reduzir o que foi escrito na Bíblia.

Como está escrito em APOCALIPSE 22:18,

Eu testifico a todo aquele que ouvir as palavras da profecia deste livro: Se alguém lhes acrescentar alguma coisa, Deus lhe acrescentará as pragas que estão escritas neste livro;

Exemplos de tais pragas são a tísica ou uma doença devastadora, como a tuberculose; e febre, febre ardente, como febre tifóide. Mas se a maldade do homem se intensificar ainda mais, mais pragas que não foram escritas na Bíblia provavelmente serão experimentadas pela humanidade.

Não é de surpreender que hoje tenhamos o vírus Ebola, gripe aviária, MERS-COV, gripe suína, SARS e agora o Covid-19, que não eram conhecidos pelas gerações anteriores. É porque o homem se tornou mais maligno.

DEUTERONÔMIO 28:59-64 diz:

59 então, o Senhor fará terríveis as tuas pragas e as pragas de tua descendência, grandes e
duradouras pragas, e enfermidades graves e duradouras;
60 fará voltar contra ti todas as moléstias do Egito, que temeste; e se apegarão a ti.
61 Também o Senhor fará vir sobre ti toda enfermidade e toda praga que não estão escritas no livro desta Lei, até que sejas destruído.
62 Ficareis poucos em número, vós que éreis como as estrelas dos céus em multidão, porque não destes ouvidos à voz do Senhor, vosso Deus.
63 Assim como o Senhor se alegrava em vós outros, em fazer-vos bem e multiplicar-vos, da mesma sorte o Senhor se alegrará em vos fazer perecer e vos destruir; sereis desarraigados da terra à qual passais para possuí-la.
64 O Senhor vos espalhará entre todos os povos, de uma até à outra extremidade da terra. Servirás ali a outros deuses que não conheceste, nem tu, nem teus pais; servirás à madeira e à pedra.

Entenda-se que a palavra “terríveis” no versículo 59 (“Então o Senhor fará terríveis as tuas pragas...”) Transmite algo realmente negativo. A palavra “terrível” implica algo extraordinariamente estranho e horrível; algo que é extraordinário. Ou seja, realmente haveria pragas que poderiam ser extraordinariamente horríveis e assustadoras, e são descritas como “grandes” e “duradouras”. E, por causa disso, é provável que causem um impacto grande e prejudicial.

Olhando para trás, o mundo sofreu mortes de 40.000.000 a 100.000.000 de pessoas devido à gripe ou à gripe espanhola e à peste bubônica em algum momento de 1918. Foi mais ou menos 100 anos depois o surgimento do Covid-19.

Meu medo é que, se essa praga persistir por muito mais tempo, muitas pessoas morrerão. Como afirmado no versículo 61: “Também o Senhor fará vir sobre ti toda enfermidade e toda praga que não estão escritas no livro desta Lei, até que sejas destruído.”

Essa praga pode ser vista de duas perspectivas. Primeiro, pode vir de Deus porque o homem se tornou tão mau e Ele quer que ele se arrependa, perceba suas loucuras e sirva como um alerta; ou, segundo, pode vir do inimigo de Deus, o cavaleiro montado no cavalo pálido, cujo desejo é causar estragos à humanidade.

Se essa praga vem de Deus, se é uma conseqüência da pecaminosidade e do desafio total dos homens a Seus mandamentos, muitos tendem a cair. Pode causar uma perda muito grande de vidas humanas. Mas se essa praga é causada pelo inimigo de Deus, o cavaleiro no cavalo pálido, há uma chance de que ela possa ser parada.

Qualquer que seja a causa da praga, o Deus Todo-Poderoso tem o poder de pôr um fim a ela, se nos arrependermos e voltarmos para Ele. Lembre-se, Nínive estava prestes a ser destruída por Deus por causa de sua maldade. No entanto, eles foram poupados da destruição que estava prestes a acontecer quando todos os seus habitantes se arrependeram e se voltaram para Deus.

O que aconteceu com Nínive também pode acontecer conosco. Se eles obtiveram a misericórdia de Deus e foram salvos da destruição, também podemos ser salvos dessa pandemia de Covid-19 se fizermos o que o povo de Nínive fez - se nos arrependermos, nos afastarmos de nossos maus caminhos e nos submetermos a Jurisdição de Deus.

[Aviso legal: Esta tradução em Português é realizada por nossos tradutores com máxima cautela com o melhor de suas habilidades. ControversyExtraordinary.com, contudo, não garante a exatidão de qualquer informação traduzida devido a vários fatores. Quando houver alguma discrepância entre a versão original em Inglês e a versão traduzida em Português, a versão original em Inglês sempre prevalece.]

Os Perigos de Desconsiderar as Palavras de Deus à Humanidade


As coisas perturbadoras que estão acontecendo com a humanidade hoje já foram profetizadas na Bíblia.

Em APOCALIPSE 6:8, diz:

E olhei, e eis um cavalo amarelo, e o que estava montado nele chamava-se Morte; e o hades seguia com ele; e foi-lhe dada autoridade sobre a quarta parte da terra, para matar com a espada, e com a fome, e com a peste, e com as feras da terra.

Essa revelação dada a João é realmente muito assustadora. Imagine, Morte e Hades receberam poder sobre a quarta parte da terra. Causarão a morte de muitos por espada e fome. Uma maneira possível de acontecer é que eles instigarão conflitos e guerras que podem resultar na destruição e no fechamento de muitos negócios e indústrias, o que, por sua vez, pode levar à fome ou à escassez. E como sabemos, quando as pessoas têm fome, elas se tornam cruéis e sem lei; portanto, não é uma possibilidade remota que elas também matem, ou estejam prontas para morrer, por comida.

Todas essas são as ações do cavaleiro montado no cavalo pálido (amarelo) cujo nome é Morte. É um espírito que vem de Satanás, e sua tarefa é criar pavor e terror ao mundo inteiro, pois traz pragas, fome, guerras e doenças infecciosas causadas por animais selvagens.

Se olharmos ao nosso redor agora, é evidente que o cavaleiro que montou no cavalo pálido está ocupado em cumprir sua missão. Ele está provocando nações a fazer guerra entre si; e atualmente, ele está matando pessoas sem piedade através de um vírus que os especialistas em saúde denominaram COVID-19. Só podemos esperar e orar para que ele não consiga cumprir plenamente sua missão, pelo menos por enquanto, ainda não.

Com a disseminação deste coronavírus em todo o mundo, a humanidade é pega despreparada. O homem é colocado em uma posição desamparada, na qual ele não poderia se defender contra um inimigo sem rosto e invisível. Lutar contra esse coronavírus é ainda pior do que ser perseguido por um leão faminto, pois, neste último, você pode pelo menos correr o mais rápido possível para proteger sua vida, ou usar uma arma que possa tornar a fera imóvel.

O que o torna muito assustador é o fato de que qualquer pessoa pode ser vitimada por esse vírus sem estar ciente disso. Uma pessoa pode ser infectada se, por exemplo, esfregar os olhos ou o nariz usando uma mão que segurava uma caneta esferográfica ou notas de papel, que contêm gotículas provenientes de um indivíduo infectado.

Segundo especialistas, sob certas condições, esse coronavírus pode permanecer vivo por três a cinco dias, dependendo da superfície em que aterrissou. Com base em estudos, o COVID-19 pode permanecer vivo por 24 horas se pousar em papelão; dois a três dias em aço inoxidável; três dias em plástico; e quatro horas em cobre. É perceptível que a vida útil do vírus é muito, muito menor se cair no cobre ou mesmo na liga de cobre, porque possui propriedades antimicrobianas e antibacterianas.


Estou inclinado a acreditar que é verdade, não porque eles tenham realizado testes para provar isso. Na verdade, mesmo sem esses testes, tenho a tendência de acreditar, porque a utilidade do cobre como desinfetante foi mencionada na Bíblia.

Lembre-se, os israelitas pecaram contra Deus quando fizeram um ídolo, um bezerro derretido, com seus brincos. Eles derreteram seus brincos de ouro e, a partir disso, formaram um bezerro que serviria como seu deus. No entanto, temos que considerar a grande possibilidade de que nem todos os brincos que foram derretidos eram feitos de ouro real; outros podem ser parecidos com ouro, mas na realidade eram de cobre. E assim eles tinham uma liga de ouro e cobre na mistura que eles usaram para formar seu falso deus. E para serem salvos da praga que o Senhor lhes causou, Moisés queimou o bezerro derretido e moeu até que se tornasse pó, e aspergiu na água que foi feito que os israelitas bebessem. Pode ter um gosto amargo, mas poderia tê-los salvado da praga.

Êxodo 32:20 diz:

Então tomou o bezerro que tinham feito, e queimou-o no fogo; e, moendo-o até que se tornou em pó, o espargiu sobre a água, e deu-o a beber aos filhos de Israel.

O cobre tem uma propriedade desinfetante. Esse fato foi reforçado ainda mais nas instruções dadas por Deus, que Arão e seus filhos tinham que observar sempre que entravam no tabernáculo da congregação e no altar.

Êxodo 30:18-20 diz:

18 Farás também uma pia de bronze com a sua base de bronze, para lavatório; e a porás entre a tenda da revelação e o altar, e nela deitarás água,
19 com a qual Arão e seus filhos lavarão as mãos e os pés;
20 quando entrarem na tenda da revelação lavar-se-ão com água, para que não morram, ou quando se chegarem ao altar para ministrar, para fazer oferta queimada ao Senhor.

Deus queria que o tabernáculo da congregação fosse um lugar seguro, já que muitas pessoas iam para lá. Foi por isso que eles colocaram uma pia, ou uma grande bacia, feita de bronze, onde Arão e seus filhos deveriam lavar os pés antes de entrar. [O bronze é uma liga composta de cobre e zinco.] Por que eles foram instruídos a fazer isso? Definitivamente, há sabedoria por trás dessa instrução específica.
O cobre destrói vírus e bactérias. Por que não está em todo lugar?


Após um estudo longo e meticuloso realizado por cientistas, eles descobriram que o cobre tem propriedades antibacterianas e antimicrobianas. Possivelmente, quando a água é colocada em uma bacia de cobre, o cobre coloidal é produzido - pois os íons de cobre são combinados com a água. Portanto, a instrução dada a Arão e seus filhos foi uma medida preventiva para que eles não fossem infectados por bactérias e vírus que poderiam ter sido transmitidos por outras pessoas que haviam ido para lá.

O que é realmente surpreendente é o fato de que muito antes da ciência descobrir a utilidade do cobre na desinfecção, ele já havia sido mencionado na Bíblia. Provar que a Bíblia é uma autoridade quando se trata de todos os aspectos da vida - e que sempre há sabedoria em toda palavra de Deus.

Com a situação atual que o mundo inteiro está enfrentando, especificamente o COVID-19, talvez seja útil se você adotar certas medidas que os israelitas observaram durante o tempo, uma vez que também têm valor científico. Por exemplo, em casa, você pode usar utensílios domésticos feitos de cobre. Se você vai beber água, é melhor colocá-lo em um recipiente de cobre; se você estiver limpando as mãos, depois de lavá-las com água e sabão, mergulhe as mãos em água colocada em uma bacia de cobre.

Seria muito bom se modelássemos nossas vidas segundo as prescrições de Deus. Talvez seja mais do que tempo de voltarmos a usar cobre em vez de aço inoxidável em nossas alças e maçanetas. A mera presença de cobre, ou mesmo ligas de cobre, pode ajudar a diminuir a vida de bactérias e vírus; assim, também pode diminuir nossas chances de ser infectado.

Mas acima de tudo, o que realmente poderia nos salvar é nossa obediência a Deus. Obedecer aos mandamentos de Deus não fará mal a nós. Se você obedecer aos mandamentos de Deus, mesmo que ainda não compreenda totalmente a sabedoria por trás de tais mandamentos, pode ter certeza de que eles são para o seu próprio bem; todos eles são para seu próprio benefício.

Na verdade, a principal razão pela qual a humanidade está enfrentando tantas pragas agora é porque tantas pessoas se afastaram de Deus. Eles escolheram desconsiderar Suas palavras; eles optaram por seguir apenas seus próprios caprichos.

Mas se queremos uma vida que não seja facilmente perturbada por problemas, como vírus e pragas, viva uma vida que esteja de acordo com a vontade de Deus. Obedeça aos ensinamentos e mandamentos de Deus e reconheça o fato de que todos somos completamente dependentes de Sua graça e misericórdia.

Que Deus abençoe e proteja a todos nós!

[Aviso legal: Esta tradução em Português é realizada por nossos tradutores com máxima cautela com o melhor de suas habilidades. ControversyExtraordinary.com, contudo, não garante a exatidão de qualquer informação traduzida devido a vários fatores. Quando houver alguma discrepância entre a versão original em Inglês e a versão traduzida em Português, a versão original em Inglês sempre prevalece.]

Os Benefícios da Positividade Que Emana da Confiança de Alguém em Deus


A disseminação do COVID-19 praticamente em todas as partes do mundo, mesmo nos chamados países de primeiro mundo, lançou um grande medo no coração de muitos. Especialmente quando as pessoas viram que esse coronavírus em particular não é seletivo de quem infecta. Ele vitimiza até os ricos e famosos, como políticos poderosos, membros da família real, celebridades conhecidas e até astros do basquete.

Vendo a rapidez com que o vírus é transmitido, algumas pessoas desenvolveram um estigma em relação àqueles que tossem, espirram ou simplesmente limpam a garganta - suspeitando que possam ser portadores do vírus. Então eles tentam se distanciar com medo de serem infectados.

O medo desse vírus também fez com que muitos desenvolvessem ansiedade com a possibilidade de que, um dia desses, eles também manifestassem os sintomas de alguém que é positivo para COVID-19. Portanto, todos os dias, seus pensamentos estão preocupados com a crise de saúde pela qual o mundo inteiro está passando.

A mente humana é muito poderosa. Às vezes, as coisas que uma pessoa sempre pensa - as coisas que ela teme profundamente, como contrair doenças graves - podem ser absorvidas em seu sistema. E se ela não descartar esses pensamentos de uma só vez, eles podem se tornar realidade.

Ou seja, se houver um grande medo nela de adquirir uma doença específica e continuar pensando dia e noite, existe uma grande possibilidade de que ela realmente a adquirirá, desde que sua mente esteja decidida. A Bíblia afirma isso.

Em PROVÉRBIOS 18:14, diz:

O espírito do homem o sustentará na sua enfermidade; mas ao espírito abatido quem o levantará?

Com a ajuda de Deus, nossas mentes e espíritos têm o poder de neutralizar ou compensar nossas fraquezas. Nosso espírito e nossa confiança em Deus nos guiarão sobre como devemos lidar com nossos medos e ansiedades.

Mas se sua mente está sempre preocupada com vários medos, se você pensar incessantemente neles, então seus medos realmente cairão sobre você.

PROVÉRBIOS 10:24 diz:

O que o ímpio teme, isso virá sobre ele; mas aos justos se lhes concederá o seu desejo.

Mesmo no meio de uma batalha contra um inimigo invisível, é importante que uma pessoa desenvolva uma visão positiva da vida. Em todos os aspectos da vida - em todos os desafios que surgem e em todos os problemas de saúde que experimentamos - é importante sempre confiar em Deus e praticar positividade.

Medos infundados podem causar estresse e depressão, que por sua vez, podem enfraquecer o sistema imunológico. Por outro lado, ter uma perspectiva positiva pode impulsionar o sistema imunológico de uma pessoa; um forte sistema imunológico pode enfraquecer e até dominar um vírus.

Uma pessoa que tem uma visão positiva da vida não é facilmente incomodada; ela não é facilmente abalada por problemas e não permite que suas preocupações e medos dominem sua vida. Em vez disso, ela tem paz de espírito e uma disposição muito positiva - uma positividade que emana de sua confiança em Deus e no que Deus pode fazer.

Ela acredita que, no final das contas, ainda é a vontade do Deus Todo-Poderoso que prevalecerá, e será para o bem de todos.

Em um estudo realizado por alguns médicos dos EUA, eles descobriram que a crença de uma pessoa em Deus tem um efeito positivo em sua saúde.

A crença em Deus realmente faz você se sentir melhor, sugere estudo

“As novas análises revisaram estudos anteriores de espiritualidade envolvendo mais de 44.000 pacientes com câncer. Os estudos variaram de muitas maneiras, mas religião e espiritualidade foram associadas a uma melhor saúde, independentemente de religião específica ou conjunto de crenças espirituais.”


Nesse estudo em particular, os médicos conseguiram estabelecer que a crença em Deus contribui positivamente para a recuperação, independentemente da afiliação religiosa do paciente e das crenças e práticas religiosas. Mas, é claro, pode-se esperar uma recuperação mais rápida de um crente em Deus, que também tem uma disposição feliz e uma perspectiva positiva na vida.

PROVÉRBIOS 17:22 diz:

O coração alegre serve de bom remédio; mas o espírito abatido seca os ossos.

Isso é verdade em todos os aspectos. Também é afirmado pela ciência. Seus ossos serão prejudicados por um espírito quebrado, mas "um coração alegre faz bem como um remédio". Até os médicos concordam que um coração alegre, uma perspectiva positiva, contribui para o bem-estar de uma pessoa. Como afirmado anteriormente, você apenas precisa garantir que sua positividade emane de sua confiança em Deus.

É nossa confiança em Deus que deve direcionar nossas ações. Por exemplo, quando certos problemas de saúde o incomodam, certifique-se de que antes de consultar um médico e antes de tomar qualquer medicamento, ore primeiro a Deus.

Os médicos, mesmo que sejam especialistas, também são propensos a cometer erros. Eles também têm certas fragilidades e limitações. Mas se você orar primeiro, Deus pode orientar o médico no diagnóstico de sua doença e na prescrição adequada.

Não se pode negar que, em termos de avanço no campo da ciência, o que os Estados Unidos da América alcançaram permanece sem paralelo na história da humanidade.

No entanto, é irônico que, apesar de ter avançado na área da saúde, os registros demonstrem que a terceira principal causa de morte nos Estados Unidos são erros médicos, que incluem prescrições erradas, diagnósticos incorretos e infecções hospitalares.

A terceira principal causa de morte nos EUA, a maioria dos médicos não deseja que você conheça

"Os erros médicos são a terceira principal causa de morte após doenças cardíacas e câncer."


É aqui que a orientação de Deus para os médicos é imensamente necessária. Se um médico for guiado por Deus, ele poderá fazer o diagnóstico correto, prescrever os medicamentos certos e ser induzido a tomar cuidado extra para não causar uma infecção no paciente.

Deus pode fazer o que um médico não pode; Ele vê o que o médico não pode ver e sabe o que o médico não entende. Mediante a orientação do Senhor, o médico poderá executar sua tarefa com precisão e exatidão, e você não será vítima de erros de diagnóstico e receita errada.

Dar prescrições erradas, diagnósticos incorretos e até infecções adquiridas em hospitais pode resultar do descuido de alguns profissionais de saúde.

Em um artigo que li, ele mencionou que havia veteranos de guerra nos EUA que sofriam de doenças como hepatite e AIDS. Quando eles fizeram uma investigação sobre o assunto, descobriram que um veterano de 89 anos de idade, que se descobriu ter adquirido AIDS, pegou no próprio Hospital de Veteranos, onde se submetia a exames regulares. Outro veterano, por outro lado, adquiriu hepatite quando foi submetido a procedimento odontológico.

Hospital da Administração de Veteranos pode ter infectado 1800 veteranos com HIV

Fonte: https://edition.cnn.com/2010/US/06/30/va.hospital.hiv/index.html

Mesmo os dentistas podem ser descuidados e imprudentes no desempenho de seu trabalho. Eu mesmo observei como é provável que alguns dentistas infectem seus pacientes. Sim, eles usam luvas, suas ferramentas dentárias são esterilizadas. Mas eles tendem a ignorar certos aspectos que podem ser prejudiciais para seus pacientes.

Por exemplo, ao realizar uma extração dentária, um dentista às vezes segura a cadeira odontológica para ajustá-la. Ele também ajusta a luz para lhe dar uma visão mais clara da boca do paciente. Depois disso, sem trocar as luvas, ele examinaria novamente a boca do paciente usando as mesmas mãos que tocavam a cadeira odontológica e a luz, que não foram desinfetadas.

Como ter certeza de que não há vírus em sua cadeira odontológica e em sua lâmpada? Os vírus podem prosperar nas superfícies por um determinado período de tempo. No caso do coronavírus, sua vida útil fora de casa é de cerca de cinco dias.

O que estou tentando ressaltar é que, de fato, o descuido e a falta de compaixão de algumas pessoas em relação a seus companheiros podem prejudicar vidas. Por isso, podemos dizer que nosso único recurso é a intervenção do Deus Todo-Poderoso.

Isso nos dará uma sensação de segurança se implorarmos a Sua misericórdia e proteção em todos os momentos, especialmente neste período angustiante em que muitas pessoas parecem estar confusas, desencorajadas e sem esperança.

Vamos confiar em Deus; confiamos a Ele nossas vidas e tudo o que temos, porque Ele é nossa única esperança.

Em vez de nos preocuparmos com coisas que estão além do nosso controle, em vez de ficarmos paranoicos, vamos usar essa situação difícil como uma oportunidade de sempre nos comunicarmos com Deus através de orações fervorosas, pois Ele é o único em que realmente podemos confiar.

Deus vê os vírus que os humanos não podem ver; Ele tem o poder de aniquilá-los em uma fração de segundo; e Ele também pode orientar as pessoas preocupadas em encontrar um antídoto para esse coronavírus mortal.

Espero sinceramente que essa pandemia aproxime cada vez mais pessoas de Deus, e faça com que todos compreendam nossa total dependência da misericórdia e da bondade de Deus.

A DEUS SEJA A GLÓRIA PARA SEMPRE. AMÉM.

[Aviso legal: Esta tradução em Português é realizada por nossos tradutores com máxima cautela com o melhor de suas habilidades. ControversyExtraordinary.com, contudo, não garante a exatidão de qualquer informação traduzida devido a vários fatores. Quando houver alguma discrepância entre a versão original em Inglês e a versão traduzida em Português, a versão original em Inglês sempre prevalece.]

Medos da Pandemia de Coronavirus Como Cristãos Devem Se Preparar

Pestes, calamidades naturais, guerras e a escalada da maldade humana em um grau nunca antes imaginado são alguns dos sinais da vinda do Senhor Jesus Cristo. O próprio Cristo havia predito isso aos Seus apóstolos quando lhe perguntaram: "Qual será o sinal da sua vinda?"

MATEUS 24:4-7 nos conta o que o Senhor Jesus Cristo lhes disse:

4 Respondeu-lhes Jesus: Acautelai-vos, que ninguém vos engane.
5 Porque muitos virão em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo; a muitos enganarão.
6 E ouvireis falar de guerras e rumores de guerras; olhai não vos perturbeis; porque é necessário assim acontecer, mas ainda não é o fim.
7 Porquanto se levantará nação contra nação e reino contra reino, e haverá fomes e pestes, e terremotos, em vários lugares.

O Senhor Jesus Cristo disse que antes de Sua vinda haverá fomes, pestes ou pragas e terremotos. Uma prova de que a Bíblia é autêntica e de que os pronunciamentos do Senhor Jesus Cristo são verdadeiros, é o fato de que estamos experimentando essas coisas agora, incluindo as guerras ou os levantes de nações contra outras nações. E sabemos que guerras e calamidades naturais podem resultar em mais problemas, como fome e inanição.

Esse pronunciamento profético em particular foi dado por Cristo milhares de anos atrás. Durante esse tempo, era inimaginável que as pessoas passassem fome porque até os mendigos tinham algo para comer.

Mas hoje, a comida se tornou um grande problema. Agora há pessoas que dificilmente comem em um dia. Também ouvimos histórias de pessoas que morrem de fome.

Mas o mais alarmante é que agora existem pestilências criadas pelo homem. Por exemplo, na Síria, eles usavam algo que parecia ter sido intencionado à guerra biológica e química, algo que poderia aniquilar as pessoas instantaneamente. Um vídeo na Internet mostra que, quando uma pessoa inala a substância, ela sofre um ataque de convulsão e, depois de um tempo, morre.

Sem dúvida, todos esses eventos catastróficos que vemos ao nosso redor agora são sinais da vinda do Senhor Jesus Cristo. A questão é: como devemos nos preparar para esse dia do Senhor?

2 PEDRO 3:10-11 diz,

10 Mas o dia do Senhor virá como o ladrão de noite no qual os céus passarão com grande estrondo, e os elementos, ardendo, se desfarão, e a terra, e as obras que nela há, se queimarão.
11 Ora, uma vez que todas estas coisas hão de ser assim dissolvidas, que pessoas não deveis ser em santidade e piedade,

A preparação que devemos fazer não deve ser o tipo de preparação que os outros estão fazendo. Eles estão preparando abrigos ou bunkers subterrâneos, que eles acreditam que poderiam oferecer refúgio e proteção.

Em Cingapura, por exemplo, existem casas com abrigos antiaéreos embutidos. Certamente, esses abrigos não podem nos oferecer proteção absoluta, pois são todos destrutíveis. Então, qual é o tipo de preparação que temos que fazer?

O Senhor Jesus Cristo, por meio do apóstolo Paulo, disse que precisamos nos preparar levando uma vida santa e piedosa. Cristo quer que vivamos uma vida santa cheia de compaixão pelos outros, especialmente pelos pobres, pelas crianças abandonadas, pelas viúvas e pelos órfãos. Temos que dar a eles uma parte de nós mesmos.

Outro vídeo enviado na Internet mostrou que havia crianças no Haiti comendo biscoitos feitos de barro. O que eles fizeram foi colocar açúcar em uma mistura de água e argila (semelhante à argila usada pelos oleiros) e moldá-lo em biscoitos. Em seguida, colocam os biscoitos de barro sob o sol para secar. Depois de secos, são comidos pelas crianças.

Quando vi o vídeo, senti uma pontada no coração. Então eu imediatamente disse a um dos obreiros da Igreja na América Latina para ir ao Haiti, no mesmo lugar em que aquelas crianças que comem biscoitos de argila estavam localizadas.

Eu disse a ele para procurar um lugar lá que pudesse funcionar como um centro de alimentação para os pobres. Com a ajuda de Deus e em coordenação com a agência governamental em questão no Haiti, este centro de alimentação já está operacional. E a cada dia, muitas pessoas vão lá, se alinhando para conseguir pacotes de comida cozida de graça.

Também estou pensando em ter centros de alimentação semelhantes nas principais cidades das Filipinas para atender à necessidade de comida de crianças de rua e mendigos, e até de crianças desnutridas e negligenciadas.

Às vezes, não consigo deixar de me sentir mal com as pessoas ricas que alimentam seus cães com grandes pedaços de carne, e, no entanto, eles nem podem oferecer aos vizinhos famintos algo para comer.

É evidente que os cães dos ricos estão em uma posição muito, muito melhor do que as crianças de rua. Por quê? Os proprietários ricos desses cães não se importam em gastar uma quantia enorme de dinheiro para o sustento e manutenção de seus cães - eles são levados aos veterinários regularmente; eles recebem vitaminas; eles também recebem cuidados periódicos; e eles até dormem em quartos com ar condicionado.

Ao contrário desses cães, as crianças de rua precisam vasculhar latas de lixo na esperança de encontrar algo que possa encher o estômago vazio. Eles estão sujos; suas roupas estão esfarrapadas; e eles dormem na calçada fria porque são sem-teto. De fato, podemos dizer que a vida dos cães de estimação dos ricos é mais invejável.

Mas o que você acha que agradará a Deus: cuidar e alimentar suntuosamente um cachorro, ou cuidar e alimentar um mendigo ou órfão? Definitivamente, Deus ficará satisfeito se você gastar seu dinheiro em algo que possa aliviar a fome e o sofrimento de seus pobres semelhantes, em vez de gastá-lo em mimar seus cães.

Deus quer que vivamos uma vida santa. Para conseguir isso, temos que viver de acordo com Seus ensinamentos, como não se entregar a vícios, extravagâncias e prazeres mundanos. Em vez disso, Ele quer que sejamos compassivos com os outros, especialmente com os necessitados.

É exatamente isso que nós, na Igreja de Deus Internacional, estamos tentando fazer. Fazemos o possível para cumprir o que Deus quer de nós. É por isso que criamos um centro de diagnóstico gratuito para ajudar aqueles que não têm nada para pagar pelos exames e diagnósticos laboratoriais.

Também temos escolas que oferecem bolsas de estudo completas a alunos pobres, mas merecedores. E a bolsa de estudos que oferecemos inclui aulas e diversos custos gratuitos, uniformes gratuitos, almoço grátis e uso gratuito de computadores e outros materiais didáticos.

Também realizamos missões médicas regulares em diferentes partes do mundo, nas quais oferecemos serviços médicos, odontológicos e ópticos, até vitaminas e medicamentos. E também temos abrigos para órfãos, bebês abandonados e idosos.

Todos esses serviços gratuitos e formas de assistência são estendidos a todos, independentemente de sua religião ou raça.

Não sabemos o que o amanhã pode trazer. Nunca sabemos se amanhã ainda estaremos vivos; também não sabemos se, um dia desses, também seremos vítimas de calamidades criadas pelo homem ou naturais. E por causa dessas incertezas, é muito importante que estejamos sempre preparados para o que está por vir, principalmente para a vinda do Senhor Jesus Cristo.

Mas, além de fazer obras de santidade e mostrar compaixão pelos outros, é melhor que, antes da vinda do Senhor, você seja capaz de encontrar a verdadeira Igreja onde está a verdadeira fé e onde a verdadeira obediência a Deus é praticada com zelo.

A DEUS SEJA A GLÓRIA!

[Aviso legal: Esta tradução em Português é realizada por nossos tradutores com máxima cautela com o melhor de suas habilidades. ControversyExtraordinary.com, contudo, não garante a exatidão de qualquer informação traduzida devido a vários fatores. Quando houver alguma discrepância entre a versão original em Inglês e a versão traduzida em Português, a versão original em Inglês sempre prevalece.]

O que há de errado em usar maquiagem?


A lei dos homens diz: "A ignorância da lei não desculpa ninguém do cumprimento dela". Para mim, isso é muito ilógico, muito duro, muito cruel, muito desumano e muito diferente da lei de Deus.

A lei de Deus, mesmo se você olhar de diferentes ângulos, é muito sensível, muito atenciosa e muito compassiva.

Biblicamente falando, sua ignorância da lei não lhe imputa nenhuma obrigação ou responsabilidade, caso você viole alguma. Você não é considerado pecador se você cometeu um ato pecaminoso por sua ignorância da lei.

1 Timóteo 1:13 diz:

ainda que outrora eu era blasfemador, perseguidor, e injuriador; mas alcancei misericórdia, porque o fiz por ignorância, na incredulidade;

Esta foi uma confissão do apóstolo Paulo aos cristãos do primeiro século. Ele admitiu todos os pecados que cometeu antes. No entanto, ele obteve misericórdia e foi perdoado porque os cometia todos ignorantemente em incredulidade.

Quão graves foram os pecados cometidos pelo apóstolo Paulo?

No livro de Atos 22: 4 ele disse:

E persegui este Caminho até a morte, algemando e metendo em prisões tanto a homens como a mulheres,

O apóstolo Paulo costumava ser um perseguidor dos cristãos do primeiro século. E mais tarde, em Gálatas 1:13, ele confessou:

Pois já ouvistes qual foi outrora o meu procedimento no judaísmo, como sobremaneira perseguia a igreja de Deus e a assolava,

Ele foi muito cruel com os cristãos do primeiro século. Mas porque ele fez isso em sua ignorância da lei e na incredulidade, significando que ele ainda não estava sob a lei, ele obteve misericórdia de Deus.

O mesmo princípio deve ser aplicado a todos. Antes de uma pessoa ser considerada pecadora porque está violando uma lei, temos que descobrir primeiro se essa pessoa está ou não sob a lei.

ROMANOS 3:19 diz:

Ora, nós sabemos que tudo o que a lei diz, aos que estão debaixo da lei o diz,...

Temos que aceitar a verdade de que há pessoas que não estão sob a lei. Eles são ignorantes da lei; eles são ignorantes das regras. Estaremos cometendo um grande erro se os acusarmos de ter cometido um pecado se eles não estiverem sob a lei.

Por exemplo, você não pode acusar uma mulher que está usando maquiagem de estar transgredindo a lei quando ainda não está sob a lei. Na verdade, não há nada de errado em usar maquiagem, e não a proibimos em nossa congregação. O que proibimos é o uso de maquiagem excessiva, que praticamente esconde as características físicas dadas por Deus.

É um fato que há mulheres que tentam esconder sua aparência física natural, colocando maquiagem pesada e vestindo ornamentos. Isto é o que a Bíblia diz sobre essas mulheres:

Oséias 2:13 diz:

Castigá-la-ei pelos dias dos baalins, nos quais elas lhes queimava incenso, e se adornava com as suas arrecadas e as suas jóias, e, indo atrás dos seus amantes, se esquecia de mim, diz o Senhor.

O que Deus quer é simplicidade; Ele prefere o natural. Mas por causa dos adornos excessivos que aquelas mulheres usavam, chegou ao ponto de esquecerem de Deus.

Isaías 3: 16-25 diz:

16 Diz ainda mais o Senhor: Porquanto as filhas de Sião são altivas, e andam de pescoço emproado, lançando olhares impudentes; e, ao andarem, vão de passos curtos, fazendo tinir os ornamentos dos seus pés;
17 o Senhor fará tinhosa a cabeça das filhas de Sião, e o Senhor porá a descoberto a sua nudez.
18 Naquele dia lhes tirará o Senhor o ornamento dos pés, e as coifas, e as luetas;
19 os pendentes, e os braceletes, e os véus;
20 os diademas, as cadeias dos artelhos, os cintos, as caixinhas de perfumes e os amuletos;
21 os anéis, e as jóias pendentes do nariz;
22 os vestidos de festa, e os mantos, e os xales, e os bolsos;
23 os vestidos diáfanos, e as capinhas de linho, e os turbantes, e os véus.
24 E será que em lugar de perfume haverá mau cheiro, e por cinto, uma corda; em lugar de encrespadura de cabelos, calvície; e em lugar de veste luxuosa, cinto de cilício; e queimadura em lugar de formosura.
25 Teus varões cairão à espada, e teus valentes na guerra.

Deus estava falando sobre a grosseria das filhas de Sião ou de Israel. Elas nem sequer pensaram mais em inclinar suas cabeças para Deus. Elas caminharam com pescoços esticados e olhos devassos. Parecia que elas estavam muito orgulhosas de si mesmas. Imagine, da cabeça aos pés, eram excessivamente decoradas e ornamentadas como árvores de Natal.

E como uma maldição, como declarado no versículo 24, o Senhor disse: E acontecerá que em lugar de cheiro suave haverá fedor; . . . É por isso que muitas mulheres sofrem com diferentes tipos de doenças, especialmente doenças sexualmente transmissíveis. É por causa da maldição de Deus; Ele não queria que as mulheres fossem muito orgulhosas.

Mas no tempo do primeiro século os cristãos, isto é o que 1 TIMÓTEO 2: 9-10 diz,
9 Da mesma sorte, que as mulheres, em traje decente, se ataviem com modéstia e bom senso, não com cabeleira frisada e com ouro, ou pérolas, ou vestuário dispendioso,
10 mas (como convém a mulheres que fazem profissão de servir a Deus) com boas obras.

Não foi só o apóstolo Paulo quem escreveu sobre como mulheres, mulheres cristãs, deveriam se adornar, mas também o apóstolo Pedro.

Em 1 Pedro 3: 3 diz:
O vosso adorno não seja o enfeite exterior, como as tranças dos cabelos, o uso de jóias de ouro, ou o luxo dos vestidos,

Em algumas traduções, havia sido especificado como vestuário dispendioso.

Essa admoestação pode parecer difícil, e muitas mulheres podem não aceitá-la, mas faz parte do evangelho. Infelizmente, muitos líderes religiosos não ensinam essa doutrina em particular. Em vez disso, eles falam de si mesmos, buscando sua própria glória, mas não a glória do Deus Todo-Poderoso.

João 7: 17-18 diz:

17 Se alguém quiser fazer a vontade dele, conhecerá a respeito da doutrina, se ela é de Deus ou se eu falo por mim mesmo.
18 Quem fala por si mesmo está procurando a sua própria glória; mas o que procura a glória de quem o enviou, esse é verdadeiro, e nele não há injustiça.

A maioria dos pregadores hoje fala apenas de si mesmos. Eles deliberadamente dispensam ou põem de lado um verso inteiro da Bíblia, que é um ato de desafio ao que Deus disse em Jeremias 26: 2,

Assim diz o Senhor: Põe-te no átrio da casa do Senhor e dize a todas as cidades de Judá que vêm adorar na casa do Senhor, todas as palavras que te mando que lhes fales; não omitas uma só palavra.

Acreditamos que os cristãos devem aderir à palavra de Deus seja fácil ou difícil, suave ou dura, doce ou amarga, leve ou pesada. E como pregador de Deus, é contra a minha consciência tirar uma palavra, mais ainda, um versículo ou versos da Bíblia.

Mas deixe-me reiterar que a lei se aplica apenas àqueles que estão sob a lei.

[Aviso legal: Esta tradução em Português é realizada por nossos tradutores com máxima cautela com o melhor de suas habilidades. ControversyExtraordinary.com, contudo, não garante a exatidão de qualquer informação traduzida devido a vários fatores. Quando houver alguma discrepância entre a versão original em Inglês e a versão traduzida em Português, a versão original em Inglês sempre prevalece.]

De moralidade e pena de morte


A imposição da pena de morte a certos crimes é algo que não é realmente novo. De fato, a pena de morte é um dos ensinamentos originais da Bíblia; vem de Deus.

Deixe-me citar alguns exemplos que provariam que a pena de morte já havia sido implementada já no tempo de Moisés e dos israelitas.

Durante esse tempo, qualquer um que desprezasse ou fosse rebelde contra a Lei de Moisés, morreria sem misericórdia sob duas ou três testemunhas.

HEBREUS 10:28 diz:

Havendo alguém rejeitado a lei de Moisés, morre sem misericórdia, pela palavra de duas ou três testemunhas;

Desprezar a Lei de Moisés é uma ofensa que era penalizada com a morte, especificamente, por apedrejamento.

No entanto, se o pecado cometido fosse algo muito grave, outra forma de pena de morte era aplicada a essa pessoa. Ele seria queimado com fogo, como está escrito em Levítico 20:14, que diz:

Se um homem tomar uma mulher e a mãe dela, é maldade; serão queimados no fogo, tanto ele quanto elas, para que não haja maldade no meio de vós.

Assim, se um homem tomar para sua esposa a filha e sua mãe ao mesmo tempo, todos os três serão queimados com fogo. Todos eles serão mortos pela queima.

Além de ser queimado com fogo, havia aqueles que foram enforcados em uma árvore.

DEUTERONÔMIO 21: 22-23 diz:

22 Se um homem tiver cometido um pecado digno de morte, e for morto, e o tiveres pendurado num madeiro,
23 o seu cadáver não permanecerá toda a noite no madeiro, mas certamente o enterrarás no mesmo dia; porquanto aquele que é pendurado é maldito de Deus. Assim não contaminarás a tua terra, que o Senhor teu Deus te dá em herança.

Com base nos versos citados, havia várias maneiras de executar a pena de morte: por apedrejamento, queima e pendurado num madeiro.

Mas deve ser entendido que, se alguma vez eles estavam impondo a pena de morte naquela época, eles estavam fazendo isso sob a orientação de Deus porque Israel era uma nação teocrática. Em sua totalidade, foi governado por Deus. O governo de Israel foi liderado por um rei ou pelos profetas como Moisés, ou como os juízes que Deus criou em Israel. É por isso que Israel era uma nação teocrática. E sob a forma teocrática de governo de Israel, onde os profetas de Deus foram guiados por anjos para decidir, a pena de morte foi imposta.

Em nosso tempo atual, o que temos são nações democráticas que estão sendo governadas por pessoas. E em uma democracia o que prevalece é o governo da maioria. Portanto, a partir desse aspecto, já podemos ver que existe uma grande diferença entre democracia e teocracia.

Hoje, as nações não são de modo algum teocráticas e por isso é muito arriscado impor a pena de morte porque não é mais Deus, nem os anjos, nem as pessoas justas que estão julgando uma pessoa acusada, mas juízes que são freqüentemente influenciados pelo dinheiro e poder. É muito assustador pensar que uma pessoa deva ser morta por um pelotão de fuzilamento, ou por uma câmara de gás, não porque ela era realmente culpada do crime imputado contra ele, mas porque o juiz havia sido subornado e influenciado pelos ricos e pelos criminosos poderosos.

Sou a favor da imposição da pena de morte hoje? Não, não sou. O sistema judicial de muitos países hoje é liderado e influenciado por pessoas ímpias, e sendo esse o caso, existe uma grande possibilidade de que eles possam chegar a um veredicto injusto e errado.

[Aviso legal: Esta tradução em Português é realizada por nossos tradutores com máxima cautela com o melhor de suas habilidades. ControversyExtraordinary.com, contudo, não garante a exatidão de qualquer informação traduzida devido a vários fatores. Quando houver alguma discrepância entre a versão original em Inglês e a versão traduzida em Português, a versão original em Inglês sempre prevalece.]