Mais Possibilidades e Impossibilidades: Deus Está no Controle - Não Ateus

7/16/2015 , 6 Comentários


Nada em ciência nos diz que não há um Criador. Para classificar, são "ateus científicos" que declaram isto. Recentemente, um famoso cientista britânico chamado Stephen Hawking disse que a ciência é mais convincente que Deus em explicar o universo.

O relatório escrito por David Edwards para Raw Story foi denominado, "Stephen Hawking publica: 'Eu sou um ateu' porque ciência é 'mais convincente' do que Deus."

De acordo com a NBC News, Hawking fez os comentários para o jornal de língua espanhola El Mundo durante o Festival Starmus em Tenerife nas Ilhas Canárias.Pablo Jauregui do El Mundo apontou que Hawking escreveu em seu livro "Uma Breve História do Tempo" que cientistas poderiam "conhecer a mente de Deus" se um conjunto de princípios unificadores - ou teoria de todas as coisas - fosse descoberto para explicar o universo físico.Mas Hawking depois escreveu em "O Grande Design" que Deus não era mais necessário porque a ciência tinha provido um entendimento melhor do universo.

O físico teórico mundialmente famoso tendeu mais para cosmologia para explicar as origens físicas e evolução do Universo.

Hawking disse em relato - "O que eu quis dizer com 'conheceríamos a mente de Deus' é conheceríamos tudo que Deus saberia se houvesse um Deus, que não há," ele acrescentou. "Eu sou um ateu."
(Ref: http://www.rawstory.com/rs/2014/09/stephen-hawking-comes-out-im-an-atheist-because-science-is-more-convincing-than-god/)

A crença que existe um Criador veio da Bíblia escrita há pouco menos de quatro mil anos e desde então aceita, crida, preservada, compartilhada, traduzida em quase todas as línguas existentes e obteve a reputação de "o livro mais vendido de todos os tempos."

Em contraste, a crença no Big Bang, Evolução, Seleção Natural e Origem das Espécies somente foi formulado a nem 200 anos atrás! A crença atual tem a intenção de difamar a existência do Criador, a Bíblia chama de Deus. Para refutar o que a Bíblia diz, os que acreditam no Big Bang e Evolução como ateus argumentam que existem coisas não científicas na Bíblia. Por exemplo, ter manhã e noite no primeiro dia quando o sol, a lua e as estrelas foram feitas somente no quarto dia. Outro é a existência de vegetação na ausência de sol. E muitos outros exemplos similares.

Como mencionado em discussões anteriores, precisamos considerar possibilidades e impossibilidades para chegar a uma conclusão justa e equalitária em qualquer questão refutada. Não é possível que o universo e todas as coisas existentes vieram a existir por cuasa de um Criador? A possibilidade é 100%! Ninguém em nosso tempo vai acreditar que a Estação Espacial NASA veio a existir por causa de um acidente. A construção, o design, e o transporte de todos aqueles materiais que fizeram a Estação Espacial da NASA que agora orbita a terra à uma altitude de 173 milhas acima da terra com uma velocidade média terrestre de 17227 milhas por hora para completar quase 16 órbitas por dia, envolveu um monte de criadores.

A Estação Espacial engloba precisão matemática em seu transporte da Terra para escapar da força gravitacional e para ficar em sua própria órbita sobre a terra! Se tal coisa mínima requiriu criadores, não é possível que o universo com todas as suas complexidades e meandros em suas leis e ordem também vieram de um Criador - um ser inteligente com um propósito em mente? A possibilidade é 100 por cento! O que é surpreendente é que, esse conhecimento foi escrito na Bíblia há quase quatro mil anos atrás mesmo antes do homem ter descoberto a vastidão do universo!

ATOS 17:24-26
24 O Deus que fez o mundo e tudo o que nele há, sendo ele Senhor do céu e da terra, não habita em templos feitos por mãos de homens;
25 nem tampouco é servido por mãos humanas, como se necessitasse de alguma coisa; pois ele mesmo é quem dá a todos a vida, a respiração e todas as coisas;
26 e de um só fez todas as raças dos homens, para habitarem sobre toda a face da terra, determinando-lhes os tempos já dantes ordenados e os limites da sua habitação;

Os versículos acima nos dizem que Deus é o Criador do universo. A palavra traduzida "mundo" é cosmos em grego. Algo nestes versículos é digno de consideração. "E de um só fez todas as raças dos homens, para habitarem sobre toda a face da terra, determinando-lhes os tempos já dantes ordenados e os limites da sua habitação;"

Os versículos incorporam um Criador, um propósito, um tempo, um limite. A verdade nesta informação escrita milênios atrás ainda permanece incontestada até hoje pela ciência e o conhecimento humano. A terra no universo inteiro é a única habitação destinada com limites, para humanos. Além dos limites colocados por Deus nenhum homem consegue existir! Devemos considerar neste ponto possibilidades e impossibilidades? Vamos ver:

É possível que exista vida além da terra - um planeta feito como a terra com vida nela? Joel Achenbach escreveu que com instrumentos tais como o Telescópio Espacial Hubble cientistas descobriram uma grande quantidade de relva cósmica mas veio a conhecer de um único mundo habitado - a única terra dos seres humanos.

Desde 1995 astrônomos tem detectado pelo menos 22 planetas orbitando outras estrelas. NASA espera construir um telescópio chamado de Buscador de Planetas Terrestres para procurar por planetas semelhantes a Terra, examinando-os pelas assinaturas atmosféricas de um mundo vivo.

Todos nós temos nossas suposições, nossos cenários. O falecido astrônomo Carl Sagan estimava que tem um milhão de civilizações tecnológicas só em nossa galáxia. Seu colega mais conservador Frank Drake oferece o número 10000. John Oro, um pioneiro pesquisador de cometas, calculava que a Via Láctea está repleta com cem civilizações. E por fim existem céticos como Ben Zuckerman, um astrônomo na UCLA, que pensa que podemos muito bem estar sozinhos nesta galáxia se não no universo.

(Ref:http://science.nationalgeographic.com/science/space/solar-system/life-beyond-earth/)


EVIDÊNCIAS DE DESIGN NO COSMOS (1998) Por: Dr. Hugh Ross

Tabela 3: Uma Estimativa da Probabilidade de Atingir os Parâmetros Necessários para a Sustentação de Vida

Estimativa de Fatores de Dependência: 100,000,000,000 Estimativa de Requisitos de Longevidade: .00001

A Probabilidade de Ocorrência de Todos os 75 Parâmetros: approx. 10¯⁹⁹

O Maior Número Possível de Planetas no Universo: approx. 10²² Muito menos do que uma chance em cem mil trilhões de trilhões de trilhões de trilhões de trilhões de trilhões existe, que mesmo um tal planeta poderia ocorrer em qualquer lugar do universo.

(Ref: http://www.reasons.org/articles/design-evidences-in-the-cosmos-1998)

A reportagem da National Geographic mencionou mais tarde que todas as estimativas "são altamente especulativas, e o fato é que não há evidência conclusiva de qualquer vida fora da Terra. Ainda não há conhecimento sólido sobre um único micróbio alienígena, um esporo solitário, muito menos a calota de uma nave estelar alienígena que passou."

De volta a Estação Espacial, como é impossível estar orbitando a terra sem qualquer criador, a maior possibilidade é para o universo estar operando maravilhosamente e em ordem sem um Criador!

JEREMIAS 33:25
Assim diz o Senhor: Se o meu pacto com o dia e com a noite não permanecer, e se eu não tiver determinado as ordenanças dos céus e da terra,

As leis que governam a rigorosa e matemática ordem no universo, escrita na Bíblia muito antes do homem ter compreendido e descoberto, implica que a Bíblia carrega nela informação científica que são impossíveis para os homens no tempo de sua escrita conhecerem. O Criador que entende e que ordenou tais leis é a única fonte possível de tais informações.

Para tomar excessão à Hawking, se Deus não pode explicar o universo onde ciência é melhor em fazê-lo, será impossível para os escritores da Bíblia para avançarem ou até mesmo adivinharem a precisa verdade científica que a ciência moderna tem compreendido atualmente.

ISAÍAS 46:9-10
9 Lembrai-vos das coisas passadas desde a antigüidade; que eu sou Deus, e não há outro; eu sou Deus, e não há outro semelhante a mim;
10 que anuncio o fim desde o princípio, e desde a antigüidade as coisas que ainda não sucederam; que digo: O meu conselho subsistirá, e farei toda a minha vontade;

A intenção de Deus é aparentemente e logicamente clara: para o homem crer que Ele existe!

JOÃO 13:19
Desde já no-lo digo, antes que suceda, para que, quando suceder, creiais que eu sou.

A Bíblia até mesmo previu precisamente a existência de Stephen Hawking e seus fã clubes!

II PEDRO 3:3-5
3 sabendo primeiro isto, que nos últimos dias virão escarnecedores com zombaria andando segundo as suas próprias concupiscências,
4 e dizendo: Onde está a promessa da sua vinda? porque desde que os pais dormiram, todas as coisas permanecem como desde o princípio da criação.
5 Pois eles de propósito ignoram isto, que pela palavra de Deus já desde a antiguidade existiram os céus e a terra, que foi tirada da água e no meio da água subsiste;

Escarnecedores não acreditam em Deus. O termo moderno para escarnecedores é ATEUS! O escritor deste livro, Pedro, o Apóstolo, é um iletrado.

ATOS 4:13
Então eles, vendo a intrepidez de Pedro e João, e tendo percebido que eram homens iletrados e indoutos, se admiravam; e reconheciam que haviam estado com Jesus.

O iletrado Pedro sabia que a terra foi formada a partir da água e através da água - pela simples ordem de Deus. Vamos ver como astrofísicos como Stephen Hawking veem a criação dos planetas como a Terra. Este é do Laboratório para Física Espacial e Atmosférica (LFEA) da Univerdiade de Colorado em Boulder.

FORMAÇÃO DE PLANETA TERRESTRE

Gases condensados em partículas rochosas → Partículas rochosas começam a se amontoar → Estes montões se agregam mais → Montões de planetasimais → Planetasimais se agregam mais → Planetas terrestres formados

Compostos de hidrogênio, tais como a água e o metano, tipicamente se condensam e baixas temperaturas, e permanecem gasoso dentro da linha fria onde as temperaturas são mais altas. Os materiais rochosos e metálicos mais pesados são mais compatíveis a condensar-se em temperaturas mais altas. Assim, o interior dos planetas são feitos quase que inteiramente de rocha e metal e formam o grupo chamado de os planetas terrestres.

Como os planetas terrestres se formam?

Depois que os elementos e mineirais mais pesados condensam em pequenas rochas sólifas, eles todos orbitavam o Sol quase na mesma velocidade. Como você pode imaginar, colisões de objetos se movendo na mesma velocidade são menos destrutivos que aqueles objetos se movendo em diferentes velocidades. Assim, quando rochas orbitando o Sol se aproximam uma das outras, elas se agrupam com mais frequência do que se destroem. Estes pedações gradualmente aumentam de tamanho em um processo chamado de agregação. Quando são grandes o suficiente, a gravidade os força em formatos esféricos.

(Ref: http://lasp.colorado.edu/education/outerplanets/solsys_planets.php)

Os trechos dados a pouco fala de gases e sólidos - simplesmente se movendo entre si no tempo e espaço para formar, agregar, reformar - toda falta de propósito.

E ainda assim do caos algo lindo é formado? Não devemos esquecer que água veio do gás 0 hidrogênio e oxigênio - que são coisas invisíveis e concorda com a verdade bíblica que coisas que são visíveis foram feitas de coisas invisíveis.

HEBREUS 11:3
Pela fé entendemos que os mundos foram criados pela palavra de Deus; de modo que o visível não foi feito daquilo que se vê.

Significando que coisas que se veem foram feitas de coisas que não se veem como gases! A Bíblia nos ensina conhecimento maravilhoso na ciência até mesmo antes do nascimento de Stephen Hawking.

Hawking é um cientista britânico, que, segundo Maria Cheng da Imprensa Associada, ganhou atenção primeiramente com seu livro de 1988 "Uma Breve História do Tempo," uma perspectiva simplificada do universo. Foi vendido mais de 10 milhões de cópias pelo mundo. Suas teorias subsequentes tem revolucionado o entendimento de conceitos modernos como buracos negros e a teoria do Big Bang de como o universo começou. (Ref: http://www.nbcnews.com/id/45886738/ns/health-aging/t/stephen-hawking-how-has-he-survived-so-long/#.VDz2k7CUdpA)

Infelizmente, por todos seu intelecto, Hawking não sentiu a presença de um Criador que o deixou viver confortavelmente e por longo tempo apesar de suas deficiências. Ele caluniou a Deus como incapaz de explicar a origem e o natureza do universo que ele tentou tanto explicar com física sem um criador. Ele adorou mais a Ciência. Mas então haveria muitos Hawkings mais em muitas formas. 

O livro de Hebreus foi escrito próximo a 61 DC, uma era onde nenhum homem entendia a composição dos gases e a possibilidade de produzir coisas que são visíveis de gases invisíveis. Ainda assim as pessoas descritas como perfeitamente pacíficas, calmas, tranquilas, não perturbadas pelas circunstâncias eram poderosas, eficazes, em realizar coisas. Eles encontraram esperança, alegria e paciência diante de tribulações. Eles creram em um criador que tornou coisas possíveis para eles. O que quer que eles não conseguiam explicar, eles confiavam em seu criador.

Hawking é dito ser o cientista vivo mais famoso hoje. Seu livro de 2001 "O Universo em um Caroço" é considerado uma obra prima na história da física moderna. Aos 72 anos, ele pensa pouco de sua humanidade.

Explicando o universo sem um criador é conhecimento novo que veio somente há 200 anos atrás. Não é possível que mentes tão orientadas a uma criação sem um criador estão sendo influenciadas pela mesma força que disse no Jardim do Éden, "Não morrerás quando comeres deste fruto"?

É possível ignorar a existência de um criador mas é impossível obliterar essa existência, mesmo que alguém creia em tal não-existência. É sobre a existência de um criador que podemos até mesmo pensar nas possibilidades de como o mundo foi criado.

É possível que uma causa possa causar um efeito mas é impossível que a causa seja nada pois do nada, a habilidade de pensar não pode se desenvolver ou existir.

É possível para o visível causar que outro visível exista, mas penultimamente, o visível é causado por um invisível, um ser de mais nível do que aquele causado.

É possível que ateus possam enganar pessoas com conhecimento denominado de obra prima mas é impossível que tal conhecimento tome o lugar da verdade.

É possível que o Pai das Mentiras esteja trabalhando na mente das pessoas, e aqueles que ele seduziria são preferencialmente ricos e famosos - com mentiras mas é impossível que o coração de alguém que não cobiça poder e fama que vem com ele.

6 comentários:

  1. Bem explicado e muito informativo!

    ResponderExcluir
  2. Deus está no Controle, NÃO Ateus...

    Alguns cientistas afirmam não acreditarem em Deus, mas também não conseguem provar cientificamente a não existência de um Criador!

    Suas teorias são formuladas com base no caos que habita em suas próprias mentes, cuja esperança se traduz no homem da crença em si mesmo. Na tentativa de desqualificar a Deus, não percebem o engano que estão submetidos. Acham-se sábios diante do homem, mas não diante de Deus. Talvez eles mesmos admitam isto, o que explicaria parte do orgulho que sentem para não se sujeitar ao Criador.

    "Escarnecedores não acreditam em Deus. O termo moderno para escarnecedores é ATEUS!"

    Como foi muito bem observado neste artigo, o iletrado Pedro sabia que a terra foi formada a partir da água e através da água pela simples ordem de Deus! Pedro não fez teologia, mas conheceu e aprendeu de Cristo! O que quer que ele não conseguisse explicar, por falta de conhecimentos matemáticos ou físicos, confiava em seu Criador!

    Graças a Deus por mais uma Controvérsia Extraordinária que nos é confiada ao entendimento!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. você consegue provara a não existência de Zeus ou Odin?

      Excluir
  3. Thanks be to God...To God be the glory!!!

    ResponderExcluir