Verdadeiro Casamento Não Necessita Demonstração de Dinheiro



Na Igreja Católica, casamento oficializado pelas autoridades católicas é o único reconhecido. Casamento civil é considerado inválido.

Sacramentos 101: Matrimônio (2:00)


https://www.youtube.com/watch?v=uq2RDYlOLrs

De acordo com eles “casamento civil” não é um verdadeiro casamento.

Enquanto aplicantes não pagam por casamento civil, a Igreja Católica requer uma taxa pelos seus matrimônios oficiais que os tornam biblicamente inválidos. Quando as autoridades católicas invalidam o casamento, a Bíblia por sua vez invalida o matrimônio oficial deles. Como?

2 CORÍNTIOS 11:7 
Pequei porventura, humilhando-me a mim mesmo, para que vós fôsseis exaltados, porque de graça vos anunciei o evangelho de Deus?

Tudo sagrado na Bíblia deve ser dado sem pagamento. Quando é pago, perde sua santidade. A Bíblia dá muitos exemplos que devem ser dados grátis desde que inerentemente o poder de fazê-lo vem de Deus.

MATEUS 10:8 
Curai os enfermos, ressuscitai os mortos, limpai os leprosos, expulsai os demônios; de graça recebestes, de graça dai.

Verdadeiro casamento foi instituído pelo próprio Deus. E tudo que vem de Deus não deve ser vendido ou pago.

PROVÉRBIOS 23:23 
Compra a verdade, e não a vendas; sim, a sabedoria, a disciplina, e o entendimento.

Pode um matrimônio pago com uma considerável quantidade de dinheiro ser melhor e com mais ligação do que o gratuito e divinamente instituído casamento ensinado pela Bíblia? Vamos examinar!

Matrimônio ou dar a um homem uma “ajudadora idônea” foi originalmente instituído pelo Criador com o propósito de procriação de uma semente piedosa.

GÊNESIS 2:18, 21-24 
18 Disse mais o Senhor Deus: Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma ajudadora que lhe seja idônea. 
21 Então o Senhor Deus fez cair um sono pesado sobre o homem, e este adormeceu; tomou-lhe, então, uma das costelas, e fechou a carne em seu lugar; 
22 e da costela que o senhor Deus lhe tomara, formou a mulher e a trouxe ao homem. 
23 Então disse o homem: Esta é agora osso dos meus ossos, e carne da minha carne; ela será chamada varoa, porquanto do varão foi tomada. 
24 Portanto deixará o homem a seu pai e a sua mãe, e unir-se-á à sua mulher, e serão uma só carne.

GÊNESIS 1:27-28 
27 Criou, pois, Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou. 
28 Então Deus os abençoou e lhes disse: Frutificai e multiplicai-vos; enchei a terra e sujeitai-a; dominai sobre os peixes do mar, sobre as aves do céu e sobre todos os animais que se arrastam sobre a terra.

MALAQUIAS 2:15 
E não fez ele somente um, ainda que lhe sobejava espírito? E por que somente um? Não é que buscava descendência piedosa? Portanto guardai-vos em vosso espírito, e que ninguém seja infiel para com a mulher da sua mocidade.

O primeiro casamento, que é do primeiro homem e mulher, não carrega consigo condições, pré-requisitos, e proibições em contraste aos matrimônios divinos mais tardios.

HEBREUS 13:4 
Honrado seja entre todos o matrimônio e o leito sem mácula; pois aos devassos e adúlteros, Deus os julgará.

Enquanto os casamentos mais tardios tem muitos deveres e proibições, o primeiro matrimônio divinamente instruído enfatizou somente em “frutificai, multiplicai-vos, enchei a terra.” Frutificar significa que o casal, Adão e Eva, tem que continuamente reproduzir sua espécie, enquanto multiplicar é ensinar a todos os seus descendentes a fazerem o mesmo.

Multiplicação não pode ser alcançada sem um fator e um multiplicador. O primeiro casal serviu como o fator enquanto seus descendentes como o multiplicador, e os frutos dos multiplicadores servem como os produtos para encher a terra! É o intento de produzir e multiplicar as “sementes piedosas” que Deus instituiu o matrimônio. Casamentos de mesmo sexo não podem fazê-lo. Quem quer ou qualquer governo ou corpo que aprovou casamento de mesmo sexo, praticamente não considerou a intenção divina do matrimônio.

Há um gama de boas coisas que um casamento divinamente instituído pode produzir. Do lado físico, mental, e espiritual da vida, o matrimônio iniciado pelo Criador é inigualado por qualquer casamento inventado pelo homem!

Fisicamente, beijar o sexo oposto aprimora sua saúde e promove sua intimidade. Aqui está um resumo de um artigo escrito pelo Dr. David. E. Bratt do Guardião Trindade (4/13/2004).


Nada como beijar / O Guardião Trindade / Beijar faz com que o cérebro libere esse maravilhoso hormônio chamado oxitocina na corrente sanguínea. Oxitocina, conhecido como o “hormônio do amor”, é encontrado em nosso corpo em resposta ao comportamento amoroso. Entre outras coisas, aprimora o sentimento de afeição e promove o cuidar. Além do sentimento de prazer associado ao beijar, vários estudos clínicos tem demonstrado que toque, que inclui o beijo, baixa a pressão, reduz hormônios do estresse e aprimora o sistema imunológico.

O resumo enfatiza o maravilhoso efeito de beijar sobre hormônios chamados oxitocina ou hormônio do amor. O autor também mencionou o que beijar faz ao liberar adrenalina e dopamina, ambos resultando em sentimentos de prazer.

Existem também benefícios do sexo a saúde no casamento. Tome nota que toda vez que matrimônio é mencionado, o significado universal é aquele referido na Bíblia – a união heterossexual – de homem e mulher que foi a intenção de Deus. Não é aquela onde um padre católico se tornou o símbolo e onde dinheiro é o que possibilita a cerimônia.

Aqui está um resumo dum artigo escrito por Carol Wagstaff do Cristão ExaminerDotCom (9/4/2008) sobre a necessidade de apoiar o casamento [heterossexual] -

Homens e mulheres que se uniram uns aos outros em um casamento amoroso tem maior saúde cardíaca, estilos de vida saudáveis e menos problemas emocionais. Homens e mulheres que estão felizmente casados experimentam maiores realizações e bem-estar que seus amigos casados, divorciados ou viúvos.

Ter um parceiro na vida é muito mais vantajoso ao encarar desafios. Até mesmo a Bíblia diz que dois é melhor do que um.

ECLESIASTES 4:9-11 
9 Melhor é serem dois do que um, porque têm melhor paga do seu trabalho. 
10 Pois se caírem, um levantará o seu companheiro; mas ai do que estiver só, pois, caindo, não haverá outro que o levante. 
11 Também, se dois dormirem juntos, eles se aquentarão; mas um só como se aquentará?

Biblicamente e psicologicamente, ter um parceiro sexual fiel é como ter outro “você” que é perfeitamente confortador.

MATEUS 19:6 
Assim já não são mais dois, mas um só carne. Portanto o que Deus ajuntou, não o separe o homem.

Falando sabiamente, um parceiro não deve ser considerado “uma metade melhor” mas um “si melhor.”

A palavra grega usada em tradução ao português “ajuntou” é:

G4347 
προσκολλάω 
proskollaō 
pros-kol-lay'-o 
Do G4314 e G2853; colar a, que é, (figurativamente) aderir: - apegar-se, juntar (-se). O que sela e cola os dois para serem um é o poder do Criador.

MATEUS 19:5 
e que ordenou: Por isso deixará o homem pai e mãe, e unir-se-á (proskollaō) a sua mulher; e serão os dois uma só carne?

“Porquanto o que Deus ajuntou, não separe o homem.” Mas como Deus junta ou liga um homem e uma mulher?

ROMANOS 7:2 
Porque a mulher casada está ligada pela lei a seu marido enquanto ele viver; mas, se ele morrer, ela está livre da lei do marido.

Em nosso tempo, é a lei de Cristo que obtém – não a lei de Moisés.

ATOS 13:39 
E de todas as coisas de que não pudestes ser justificados pela lei de Moisés, por ele é justificado todo o que crê.

GÁLATAS 6:2 
Levai as cargas uns dos outros, e assim cumprireis a lei de Cristo.

A lei é para aqueles debaixo da lei.

ROMANOS 3:19 
Ora, nós sabemos que tudo o que a lei diz, aos que estão debaixo da lei o diz, para que se cale toda boca e todo o mundo fique sujeito ao juízo de Deus;

Voltando a ICR não reconhecendo casamento civil, aqui está um Repórter Católico Nacional que fica atordoado. Michael Sean Winters em “Papa Francisco e Casamento Civil para Católicos” (1/14/2014) escreveu -

Meu colega John Allen relatou ontem no fato que o Santo Pai batisou o bebê de um casal que contratou um casamento civil. E, como Allen nota, este é um desenvolvimento bem atordoador, um que, como eu vejo, engloba várias questões chaves de aumento de profundidade e significado.

Primeiro, existe a estranha situação canônica de católicos que não se casam na Igreja. Estes casamentos não são somente considerados ilícitos, mas inválidos. Isto nunca fez sentido para mim.

Matrimônio compreensivelmente concerne duas pessoas (um homem e uma mulher) fazendo um pacto um com o outro com Deus como seu juiz. As leis do país providencia para casamentos civis. Como definido, matrimônio civil é um matrimônio realizado, registrado, e reconhecido por um governo oficial. A maior parte das pessoas vai nisso com um esforço de evitar despesas.

Desde que a ICR não reconhece casamentos civis, isso significa que alguns casais católicos na verdade não estão casados aos olhos de Deus?

Definitivamemte, a Igreja Católica Romana (ICR) não está debaixo da lei de Cristo. Nenhuma lei de Cristo irá se aplicar a uma igreja inventando suas próprias doutrinas e impondo sacramentos com pagamentos e considerações monetárias!

ROMANOS 10:3 
Porquanto, não conhecendo a justiça de Deus, e procurando estabelecer a sua própria, não se sujeitaram à justiça de Deus.

Mesmo que não culpemos a ICR por exatamente cobrar os seus membros de modo a serem casados, eles estão em um rumo horrível para a seguinte prática e tradição que eles ensinam seu povo -

1. Prostrar-se diante de imagem esculpidas

DEUTERONÔMIO 5:7-9 
7 Não terás outros deuses diante de mim. 
8 Não farás para ti imagem esculpida, nem figura alguma do que há em cima no céu, nem embaixo na terra, nem nas águas debaixo da terra; 
9 não te encurvarás diante delas, nem as servirás; porque eu, o Senhor teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniqüidade dos pais nos filhos até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam,

2. Imposição de doutrinas e mandamentos feitos por homens como batismo infantil com taxa, confirmação, o uso do rosário e orações repetitivas, uso do “sinal da cruz,” e coisas assim.

MARCOS 7:7 
mas em vão me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos de homens.

3. Ensinar tradições contrárias a Bíblia tais como: Maria sendo a “Rainha dos céus e dos apóstolos,” Maria sendo uma “Mediatriz,” “Concepção Imaculada,” e muitas outras honras inventadas que contituem difamação contra a pessoa da mão do Senhor Jesus e blasfêmia contra Deus!

TITO 1:14
não dando ouvidos a fábulas judaicas, nem a mandamentos de homens que se desviam da verdade.

Vamos elaborar no tópico sobre Maria em nossa próxima questão do blog porque a devoção católica a ela tem desviado a adoração devida a Deus.

Deus os abençoe.

41 comentários:

  1. Como bem explicado neste blog, há uma outra razão pela qual a mesma união do sexo não pode ser possível. Porque há uma intenção divina sobre o casamento - produção e multiplicação de sementes "piedosos".

    ResponderExcluir
  2. Graças a Deus para Seus servos fiéis para entregar os fatos a respeito de Cristo "s doutrinas

    ResponderExcluir
  3. Thanks be to God;We have Bro.Eli Soriano to taught us what is the truth.

    ResponderExcluir
  4. thanks be to God for this enlightening blog!

    ResponderExcluir
  5. As melhores coisas da vida são GRATUITAS! As piores coisas são os Sacramentos A VENDA pela Igreja Católica Romana!

    ResponderExcluir
  6. we love you bro. eli we mis you so much.

    ResponderExcluir
  7. Outro blog maravilhoso do Sr. ControversyX .. Graças a Deus !!!

    ResponderExcluir
  8. Graças a Deus por essa maravilhosa bem Blog..Very disse controversyX . Espero RCC vai abrir sua mente e leia este blog, um monte de coisas que você vai aprender a partir deste site ..

    ResponderExcluir
  9. Para nós Cristãos, tudo o que é sagrado não deve ser pago como se fosse uma "prestação de serviço". Por que é santo, fazendo parte da graça que é dada a nós gratuitamente! E se é santo decorre da sabedoria divina, da disciplina requerida pela compreensão e entendimento do Evangelho. Faz parte do mandamento Cristão não cobrarmos nada por aquilo que Deus nos dá gratuitamente, como a benção e os ensinamentos concernentes ao matrimônio.

    Agora, observando os argumentos deles, "definitivamente a Igreja Católica Romana (ICR) não está debaixo da lei de Cristo. Nenhuma lei de Cristo irá se aplicar a uma igreja inventando suas próprias doutrinas e impondo sacramentos com pagamentos e considerações monetárias!"

    Graças a Deus por mais esta Extraordinária Controvérsia clarificada a nós, através das palavras de Deus nas Sagradas Escrituras. Nem mais, nem menos!

    ResponderExcluir
  10. Estas doutrinas são de graça. graças a Deus

    ResponderExcluir
  11. Graças a Deus pelo seu dom inefável.. #TheTruthCaster

    ResponderExcluir
  12. Gracias a Deus! Thanks be to God for an Instrument like Bro. Eli. This blog is worthy enough to read on.

    ResponderExcluir
  13. Why need rotten money to sanctify Rcc's wedding?

    they need to read this

    ResponderExcluir
  14. pls brothers and sisters let always support the blogs of mr. cX. this is for the glory of our creator, God almighty!!

    ResponderExcluir
  15. All blogs of Mr.ControversyX is very informative and biblically enlightened. Thanks be to God

    ResponderExcluir
  16. Sempre muito esclarecedor: Irmão Eli Soriano.

    ResponderExcluir
  17. Thanks be to GOD for bro. Eli & bro. Daniel thru with them i found the True Church that God build it.

    #TheTruthCaster

    ResponderExcluir
  18. Graças a Deus por esta sabedoria , sou mito grato s Deus pela sua igreja ter chegado a nós aqui no Brasil , através dos seus pregadores ,Irmão Eli e Irmão Daniel.

    ResponderExcluir